Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Kiev revela quando reestabelecerá o controle sobre Donbass

As autoridades ucranianas planejam voltar a controlar todo o território de Donbass em meados de 2018.


Sputnik


Assim declarou Georgy Tuka, vice-ministro ucraniano para Assuntos dos Territórios Temporariamente Ocupados, no seu blog no site da edição ucraniana Novoe Vremya (Tempo Novo). 

Resultado de imagem para Georgy Tuka
Georgy Tuka | Photo from UNIAN

"Tenho esperanças otimistas. No ano que vêm a Ucrânia recuperará Donbass… Espero muito que isto aconteça já em 2018, no máximo em meados do ano. Mas claro que é muito importante manter o apoio da Europa e dos EUA", escreveu Tuka. 

De acordo com ele, Kiev conseguirá recuperar os territórios de Donbass de acordo com as suas próprias condições, "realizar seu próprio roteiro para recuperar os territórios ocupados".

Postar um comentário

Postagens mais visitadas