Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Militares dos EUA culpam Rússia de criar armamento antissatélite

O Comando Estratégico dos Estados Unidos (STARTCOM) acredita que a Rússia está desenvolvendo armamento contra satélites, incluindo com tecnologia de laser.


Sputnik

Segundo o chefe do STARTCOM, general John Hyten, Moscou atualmente está investigando "determinadas possibilidades militares que podem ameaçar nossos satélites".


Satélites
© NASA. 

O general destacou que o uso do armamento pode causar muitos destroços que dificultarão o funcionamento das naves espaciais em órbita.

Além disso, o STRATCOM considera que a China também continua a realizar exercícios de seus sistemas de defesa "em várias órbitas".

"No futuro próximo elas [a Rússia e a China] poderão usar as capacidades para ameaçar qualquer nave espacial que fica no espaço. Devemos evitá-lo, e a melhor maneira de evitar a guerra é estar pronto para ela. Isso é o que os EUA vão fazer. Vamos garantir que todos saibam que estamos prontos para a guerra", afirmou John Hyten.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas