Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Netanyahu: Irã está criando exército contra Israel

O ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, acusou Israel de violar o direito internacional e avisou Tel Aviv sobre as consequências caso o país continue seguindo a mesma linha anti-Irã. Em resposta, o primeiro-ministro israelense respondeu que a Guarda Revolucionária Iraniana pretende destruir o seu país.
Sputnik

Falando durante a sessão do Estado-Maior General das Forças de Defesa Israelenses (IDF, sigla em inglês), o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, criticou as recentes declarações de Teerã em relação a Tel Aviv.


"Hoje ouvi o que disse o chanceler iraniano, acusando Israel de violar direito internacional. Trata-se do ministro do Exterior de um país que envia drones militares contra Israel e mísseis contra a Arábia Saudita. Também ouvi palavras moderadas, e há um abismo enorme entre as palavras e as ações da Guarda Revolucionária [Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica] que está construindo um exército contra Israel com o objetivo declarado…

Militares iraquianos capturam sede de militantes do Daesh provenientes da Chechênia

Policiais federais iraquianos capturaram sede dos militantes do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia) na cidade iraquiana de Mossul responsável pela coordenação das operações de militantes provenientes da Chechênia. 


Sputnik

As informações são da Sputnik Árabe que cita comandantes dessa operação.

Os combatentes xiitas de tropas irregulares vêm para o sul de Mossul
Combatentes iraquianos © AFP 2016/ AHMAD AL-RUBAYE

"Na sede, foram encontrados mapas de ataques realizados pelo Daesh em vários bairros de Mossul, a polícia federal encontrou cintos com explosivos e armas", informa a Sputnik Árabe referindo-se ao comandante da sede, Raid Shaker Jaudat.

Segundo informações, a polícia federal iraquiana retomou o controle de um complexo hospitalar e do quarteirão Al-Ghufran, que ficam nas proximidades, onde foi hasteada a bandeira iraquiana.

A operação para libertar Mossul da ocupação do Daesh na província norte-iraquiana de Ninawa começou em outubro. Os militares iraquianos conseguiram avançar para a parte oriental da cidade, contudo a parte ocidental — na margem direita do rio Tigre — ainda está sendo controlada por terroristas.


Postar um comentário