Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA confirmam linha estratégica de 'desmembramento da Síria', diz analista

Os EUA declararam que não querem restaurar as regiões na Síria que estão sob o controle de Damasco. O especialista Vladimir Fitin explica na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik o que busca Washington.
Sputnik

Os EUA não querem ajudar na reconstrução das regiões na Síria que ficam sob o controle do presidente sírio Bashar Assad, declarou um alto funcionário dos EUA após o primeiro dia do encontro dos ministros das Relações Exteriores do G7.


Em janeiro, o Departamento de Estado dos EUA afirmou que Washington não iria ajudar a Rússia, o Irã e Damasco oficial na restauração do país, enquanto a "transformação política" da Síria não se realizasse. Segundo declarou o assistente adjunto do secretário de Estado dos EUA para o Médio Oriente, David Satterfield, a condição da ajuda é a reforma constitucional e eleições sob os auspícios da ONU.

O analista do Instituto dos Estudos Estratégicos da Rússia, Vladimir Fitin, na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik comentou a decla…

Navios russos participam de exercícios navais com Japão

Na segunda-feira (23), os navios da Frota do Pacífico da Rússia estão realizando manobras navais com a Força Marítima de Autodefesa do Japão, perto do porto japonês de Maizuru, na baia de Wakasa, a norte de Quioto, informou a embaixada da Rússia em Tóquio à Sputnik.


Sputnik


Segundo a embaixada, os exercícios contam com a participação do grande navio anti-submarino Admiral Tributs e o petroleiro Boris Butoma, da Rússia, e do destroier porta-helicópteros Hyuga e do navio de suporte Hiuti, do Japão.

Destroier russo Admiral Tributs
Destroier russo Admiral Tributs © Sputnik/ Vitaly Ankov

Segundo o comunicado da embaixada, nesse momento, estão sendo realizadas manobras de comunicações, e, caso haja tempo, vão decorrer exercícios de busca e resgate.

Os navios japoneses foram convidados para realizar uma visita de retribuição à cidade russa de Vladivostok. Os detalhes da visita serão coordenados mais tarde.

Os navios Admiral Tributs e Boris Butoma chegaram ao Japão na manhã do dia 21 de janeiro. A visita contou com a presença do prefeito da cidade de Maizuru, Rezo Tatami.

Além disso, os marinheiros visitaram as instalações marítimas das partes e aproveitaram o tempo para trocar experiências.

Postar um comentário