Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Navios russos participam de exercícios navais com Japão

Na segunda-feira (23), os navios da Frota do Pacífico da Rússia estão realizando manobras navais com a Força Marítima de Autodefesa do Japão, perto do porto japonês de Maizuru, na baia de Wakasa, a norte de Quioto, informou a embaixada da Rússia em Tóquio à Sputnik.


Sputnik


Segundo a embaixada, os exercícios contam com a participação do grande navio anti-submarino Admiral Tributs e o petroleiro Boris Butoma, da Rússia, e do destroier porta-helicópteros Hyuga e do navio de suporte Hiuti, do Japão.

Destroier russo Admiral Tributs
Destroier russo Admiral Tributs © Sputnik/ Vitaly Ankov

Segundo o comunicado da embaixada, nesse momento, estão sendo realizadas manobras de comunicações, e, caso haja tempo, vão decorrer exercícios de busca e resgate.

Os navios japoneses foram convidados para realizar uma visita de retribuição à cidade russa de Vladivostok. Os detalhes da visita serão coordenados mais tarde.

Os navios Admiral Tributs e Boris Butoma chegaram ao Japão na manhã do dia 21 de janeiro. A visita contou com a presença do prefeito da cidade de Maizuru, Rezo Tatami.

Além disso, os marinheiros visitaram as instalações marítimas das partes e aproveitaram o tempo para trocar experiências.

Postar um comentário