Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Trump: sanções conta Rússia podem ser revogadas em troca de acordo de redução nuclear

O presidente eleito dos EUA, Donald Trump, pretende discutir uma ampla redução de arsenais nucleares durante as negociações com a Rússia sobre desarmamento, segundo ele declarou em entrevista para a Times.


Sputnik


“Algo é certo. Penso que o armamento nuclear deve ser reduzido. E reduzido de forma significativa”, disse Trump, quando perguntado pelo jornalista da Times das perspectivas de futuras negociações da Rússia e dos EUA sobre desarmamento nuclear. 

© AFP 2016/ Savo PRELEVIC

Trump afirmou que EUA poderiam revogar algumas das sanções contra a Rússia em troca de um acordo bilateral sobre redução de armamentos nucleares. 

“Existem sanções contra a Rússia. Vamos ver se é possível celebrar bons acordos com a Rússia. Por exemplo, eu penso que deve haver muito menos armas nucleares. O arsenal deve ser reduzido de forma significativa. Isso por um lado. Por outro, temos as sanções. A Rússia está sofrendo muito com elas. Eu penso que alguma coisa pode sair disso, algo que trará vantagens para muitos”, disse o presidente eleito dos EUA. 

Donald Trump assume a presidência dos EUA no dia 20 de janeiro.


Postar um comentário