Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares dos EUA prometem responder a possível ataque turco contra cidade síria de Manbij

Os militares norte-americanos prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade síria de Manbij à luz de uma possível operação turca na área, afirmou o comandante do Conselho Militar de Manbij, que faz parte das Forças Democráticas da Síria (FDS), Ebu Adil.
Sputnik

Em entrevista à Sputnik Turquia, Ebu Adil comentou a resposta dos EUA às preocupações expressas pelos representantes do Conselho Militar de Manbij devido a um possível ataque contra a cidade síria por parte de Ancara.


"Há dois anos, em conjunto com as forças da coalizão liderada pelos EUA, nós limpamos Manbij do Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países]. Desde então, na cidade se encontram forças da coalizão. Algum tempo atrás, nós falamos com os militares norte-americanos sobre um possível ataque da Turquia contra Manbij. Os militares dos EUA prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade, de onde quer que ele provenha", afirmou o comandante do conselho.

Além disso, ele …

Ucrânia planeja produzir armas de acordo com padrões da OTAN

O consórcio estatal ucraniano Ukroboronprom, em conjunto com a empresa americana Aeroscraft, planeja produzir armas de assalto com base nos padrões da OTAN. 


Sputnik

O primeiro projeto será o fuzil M16, informou na terça-feira (3) o serviço de imprensa do consórcio ucraniano. 

Fuzil M16
Fuzil M-16 © flickr.com/ James McCauley

"A estatal Ukroboronservis, que integra o consórcio Ukroboronprom em conjunto com a empresa americana Aeroscraft, vão produzir armas na Ucrânia segundo os padrões da OTAN, o primeiro projeto será o M16", se diz no comunicado.

Destaca-se que esta colaboração é um resultado do memorando assinado entre as duas empresas.

A Aeroscraft é especializada na produção de aeronaves inovadoras, torres de vigilância e armas de assalto. 

Em dezembro de 2014, o parlamento ucraniano alterou duas leis rejeitando o status não-alinhado do país. A nova doutrina militar prevê a linha de adesão à OTAN.


Postar um comentário