Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Argentina concorda em construir bases norte-americanas em seu território

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, aprovou a construção no país de várias bases militares dos EUA, informou no sábado (21) o portal mexicano Aristegui Noticias com referência a fontes informadas.
Sputnik

De acordo com o portal, trata-se de ao mínimo três bases militares a serem construídas nas províncias de Neuquén (onde fica a jazida de gás de xisto Vaca Muerta), Misiones e Tierra del Fuego, de onde se pode controlar a Antártida.

A sua criação deve ser financiada pelo Comando Sul dos EUA. Um dos principais adeptos da criação de bases seria a ministra da Segurança da Argentina, Patricia Bullrich.

Além disso, nota o portal mexicano, a ministra elogiou a chegada ao país de instrutores americanos que efetuam a preparação dos policiais argentinos antes da cúpula do G20 em novembro. Isso viola as atuais leis argentinas, porque é necessário obter a autorização do Congresso para tais ações, algo que não foi feito.

Apoio aéreo: Aviação síria fez chegar munições à base de Deir ez-Zor, cercada pelo Daesh

Aviões de carga sírios transportaram com sucesso munições para a guarnição em Deir ez-Zor, cercada pelos terroristas, comunica o canal de televisão libanês Al-Mayadin.


Sputnik

Segundo o Al-Mayadin, a carga foi feita chegar de paraquedas ao território da base militar em Deir ez-Zor. 


Ajuda humanitária em Deir ez-Zor
Ajuda humanitária em Deir ez-Zor © Foto: Ministério da Defesa da Rússia

Esta cidade é de grande importância econômica e estratégica para os terroristas. A cidade fica entre Raqqa e Mossul e é fundamental em caso de retirada dos jihadistas destas cidades.

Os terroristas do Daesh ocupam praticamente todo o território da província de Deir ez-Zor e uma parte da sua capital. Os bairros controlados por militares sírios estão cercados há três anos. A ajuda humanitária e munições para os habitantes e defensores da cidade é feita chegar por via aérea. A base aérea de Deir ez-Zor é a última linha de defesa do exército sírio nesta região. A guarnição da base está se defendendo de homens-bomba e de veículos blindados.

Na noite do sábado (28) a guarnição conseguiu reconquistar o aeródromo. Ao mesmo tempo, as unidades militares da cidade lançaram uma ofensiva de grande escala após os avanços da aviação russa e síria.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas