Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Avança ofensiva antiterrorista do Exército sírio no sul de Damasco

O exército sírio avançou hoje em sua ofensiva contra os terroristas do grupo Estado Islâmico ao destruir túneis e trincheiras erguidas na localidade de Hayyar Asswad e no Acampamento de Refugiados Palestinos de Yarmouk.
Prensa Latina

Damasco - Segundo fontes militares, com os ataques aos refúgios dos radicais do Estado Islâmico e da Frente al-Nusra, as tropas governamentais limitaram os movimentos dos takfiristas entre Qadam e Hayyar Asswad, no sul de Damasco.


De acordo com os informes, nas últimas horas o Exército tomou o controle das instalações de Joura, na parte oriental do bairro Qadam, e avançou nos distritos de Yalda e Bebila, vizinhos de Yarmouk.

Desde a última quinta-feira, a aviação síria e tropas terrestres realizam fortes bombardeios contra os grupos extremistas, com a determinação de libertar as áreas que esses grupos ocupam atualmente.

Até o momento, um elevado número de jihadistas, entre eles cinco cabeças emires, foram abatidos pelas tropas governamentais em aliança com br…

Bashar Assad dá mais uma chance para rebeldes entregarem as armas

O presidente sírio, Bashar Assad, estendeu o prazo de anistia para os militantes que se renderem e entregarem suas armas, segundo informou a mídia local neste domingo (5).


Sputnik


O decreto 15/2016, datado de 28 de julho do ano passado, foi prorrogado pelo presidente Assad até 30 de junho de 2017, de acordo com a agência de notícias estatal SANA.

Presidente sírio, Bashar Assad, durante uma entrevista
Presidente sírio Bashar Assad © AP Photo/ SANA

A referida ordem foi inicialmente emitida para o período de três meses e em 27 de outubro de 2016 foi prorrogada pelo mesmo período. A anistia também vale para os sequestradores que concordarem em libertar seus reféns.

A Síria está em estado de guerra civil há quase seis anos, com as forças governamentais lutando contra grupos de oposição sírios que tentam derrubar o presidente Bashar Assad, bem como numerosos grupos extremistas e terroristas como o Daesh (autodenominado Estado Islâmico).


Postar um comentário