Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialistas: aumenta o risco de guerra entre os EUA, a Rússia e a China

O desenvolvimento de novos tipos de armas nucleares de "baixa potência" aumenta o risco de uma guerra entre os EUA, a Rússia e a China, segundo especialistas consultados por Newsweek.
Sputnik

O Pentágono está desenvolvendo dois novos tipos de armas nucleares, para acompanhar os progressos da Rússia e da China nesse terreno. Os especialistas tiveram acesso às minutas do projeto de doutrina nuclear norte-americana, que acusa Moscou e Pequim de ampliar as suas capacidades nucleares. 


Esse documento afirma a necessidade de "desenvolver e incorporar novos meios de contenção e de defesa dos objetivos, quando a contenção não funciona".

Entre outras medidas, o projeto revela a intenção de desenvolver ogivas nucleares de baixa potência para mísseis Trident, utilizados por submarinos da classe Ohio. Além disso, o departamento de Defesa dos EUA planeja desenvolver um míssil nuclear de baixa potência para suas bases marítimas.

O Pentágono considera o atual arsenal nuclear a disposi…

EUA prometem resposta 'esmagadora' a qualquer ataque nuclear da Coreia do Norte

Qualquer ataque nuclear da Coreia do Norte contra os Estados Unidos ou seus aliados desencadearia uma resposta "efetiva e esmagadora", afirmou o secretário norte-americano de Defesa, James Mattis, em visita a Seul nesta sexta-feira (3).


Sputnik


Mattis foi à Coreia do Sul em sua primeira viagem ao exterior depois de sua nomeação para a chefia do Pentágono.

Secretário da Defesa dos EUA James Mattis chega à Base Aérea de Osan, Coreia do Sul, 2 de fevereiro de 2017
Secretário da Defesa dos EUA James Mattis chega à Base Aérea de Osan, Coreia do Sul, 2 de fevereiro de 2017 | © REUTERS/ Staff

Tanto a Coreia do Sul quanto o Japão expressaram preocupações recentemente de que o presidente norte-americano Donald Trump venha a retirar as forças dos EUA nos dois países se eles não aumentassem seu apoio financeiro, conforme promessas feitas durante a campanha eleitoral do magnata republicano.

Postar um comentário