Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

EUA querem parar maioria das missões da ONU

A representante permanente dos EUA junto às Nações Unidas, Nikki Haley, está estudando as operações de paz da ONU, o que pode levar à sua redução, informa a AFP citando fontes diplomáticas.


Sputnik

O Senado dos EUA aprovou a ex-governadora da Carolina do Sul, Nikki Haley, no cargo em 25 de janeiro. 


Resultado de imagem para Nikki Haley
Nikki Haley (Evan Vucci / Associated Press)

Um diplomata do Conselho de Segurança disse, em condição de anonimato, que Haley está estudando todas as 16 missões da ONU e que encara a eficácia da maioria delas "com bastante ceticismo".

Anteriormente, Haley tinha anunciado a intenção de reduzir o financiamento norte-americano das missões de paz da ONU para que o valor do país constituísse menos de 25% do orçamento geral. Agora, este valor é de 29%. Outros países devem ter mais responsabilidade nesse aspecto, acredita Haley.

Segundo o diplomata, as missões da ONU no Haiti e na Libéria serão encerradas.

De acordo com a agência, o chefe do Departamento das Operações de Manutenção de Paz, Hervé Ladsous, vai ao Haiti na semana seguinte para avaliar a missão.

Quando foi proposta para o cargo na ONU, Nikki Haley propunha cortar o financiamento norte-americano da ONU. Entretanto, nas audições no Senado ela elogiou as atividades da ONU, em particular, algumas missões de paz.


Postar um comentário