Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vários mortos no confronto entres as forças de Maduro e rebeldes armados

Desfecho sangrento aconteceu durante a operação de captura de Óscar Pérez, que está entre os mortos.O piloto sobrevoou prédios do governo com um helicóptero roubado da polícia em junho do ano passado
Maolis Castro e Florantonia Singer | El País

Vários integrantes do grupo liderado pelo ex-policial Óscar Pérez morreram em um confronto com um coletivo – civis armados chavistas – e um comando da Força de Ações Especiais da Polícia Nacional, em que também morreram dois agentes e um militante chavista. Outros cinco membros do grupo foram presos em uma casa na região de El Junquito, no oeste de Caracas. 

O Governo venezuelano confirmou no início desta tarde que o próprio Pérez está entre os mortos. Seu nome se tornou conhecido em junho, quando roubou um helicóptero da polícia e sobrevoou a sede do Supremo Tribunal de Justiça e do Ministério do Interior. Nunca, em 18 anos de chavismo, ocorreu algo parecido na Venezuela.


O ex-inspetor do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalística…

Exército sírio elimina comandante de ataques aéreos do Daesh em Deir ez-Zor

Foi eliminado um comandante do Daesh em Deir ez-Zor, disse o general de uma brigada do exército sírio, Issam Zaheralden, ontem em entrevista à Sputnik Árabe, acrescentando que os locais não têm acesso ao aeroporto, onde recebem ajuda humanitária. Após isso o exército sírio iniciou uma ofensiva.


Sputnik


Exército começou a operação no bairro de al-Makabir e conseguiu avançar a uma distância de 1.500 metros em toda a linha da frente de 3 quilômetros. Entretanto os combates entre terroristas e exército continuam por toda a parte. 

Militares do exército sírio durante ataques contra colégios militares em Aleppo, 17 de agosto de 2016
Militares sírios © Sputnik/ Mikhail Alaeddin

Segundo comunicou o general Issam Zaheralden à Sputnik Árabe, 15 terroristas foram mortos durante os ataques aéreos na área de al Makabir, entre eles estavam o comandante das operações aéreas do Daesh, Abu Muhammed al-Adnani, e o comandante da região, Abu Walid al-Tarablusi.

Segundo fontes da agência, em resultado dos ataques aéreos, o filho do líder do Daesh, Abu Bakr al-Baghdadi, saiu ferido. Seus apoiantes foram mortos.

Na véspera dos ataques, uma fonte militar comunicou à Sputnik Árabe que os aviões russos e sírios tinham realizado vários ataques contra os terroristas do Daesh na área de al-Makabir, Sirriya Jneed e Liwaa al-Taamid nos arredores de Deir ez-Zor, eliminando vários terroristas.

Postar um comentário