Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialistas: aumenta o risco de guerra entre os EUA, a Rússia e a China

O desenvolvimento de novos tipos de armas nucleares de "baixa potência" aumenta o risco de uma guerra entre os EUA, a Rússia e a China, segundo especialistas consultados por Newsweek.
Sputnik

O Pentágono está desenvolvendo dois novos tipos de armas nucleares, para acompanhar os progressos da Rússia e da China nesse terreno. Os especialistas tiveram acesso às minutas do projeto de doutrina nuclear norte-americana, que acusa Moscou e Pequim de ampliar as suas capacidades nucleares. 


Esse documento afirma a necessidade de "desenvolver e incorporar novos meios de contenção e de defesa dos objetivos, quando a contenção não funciona".

Entre outras medidas, o projeto revela a intenção de desenvolver ogivas nucleares de baixa potência para mísseis Trident, utilizados por submarinos da classe Ohio. Além disso, o departamento de Defesa dos EUA planeja desenvolver um míssil nuclear de baixa potência para suas bases marítimas.

O Pentágono considera o atual arsenal nuclear a disposi…

Exército sírio expulsa Estado Islâmico de mais de 30 regiões

Após ofensiva de 20 dias, governo afirma ter recuperado localidades na província de Aleppo.


France Presse


O exército sírio anunciou nesta quinta-feira (2) ter reconquistado 30 localidades sob controle do Estado Islâmico (EI) na província de Aleppo. 

Resultado de imagem para al bab syria
Terroristas do Estado Islâmico preparam execução em al-Bab, Síria

Após uma ofensiva de 20 dias, o exército sírio tomou, em particular, o controle de uma parte da estrada que une a cidade de Aleppo com a de Al Bab, último reduto do EI na província de Aleppo.

Al Bab está praticamente cercada pelos rebeldes sírios apoiados pelo exército turco.

O avanço do exército do presidente Bashar al-Assad na província de Aleppo começou a se esboçar depois da reconquista da cidade de mesmo nome.

O exército pôde, "durante uma vasta operação militar iniciada há 20 dias, retomar o controle de mais de 32 localidades e aldeias a nordeste de Aleppo, ocupando uma superfície total de 250 quilômetros quadrados", informou a agência oficial síria Sana, citando um comunicado do exército.

O exército afirmou que havia recuperado 16 km da estrada Aleppo-Al Bab.

As forças turcas e rebeldes atacam Al Bab desde o norte, mas têm dificuldades para conquistar a cidade, onde o EI entrincheirou suas forças.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, lançou em agosto de 2016 uma ofensiva militar na Síria para expulsar os extremistas da zona fronteiriça e conter o avanço dos curdos no norte da província de Aleppo.


Postar um comentário