Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialistas: aumenta o risco de guerra entre os EUA, a Rússia e a China

O desenvolvimento de novos tipos de armas nucleares de "baixa potência" aumenta o risco de uma guerra entre os EUA, a Rússia e a China, segundo especialistas consultados por Newsweek.
Sputnik

O Pentágono está desenvolvendo dois novos tipos de armas nucleares, para acompanhar os progressos da Rússia e da China nesse terreno. Os especialistas tiveram acesso às minutas do projeto de doutrina nuclear norte-americana, que acusa Moscou e Pequim de ampliar as suas capacidades nucleares. 


Esse documento afirma a necessidade de "desenvolver e incorporar novos meios de contenção e de defesa dos objetivos, quando a contenção não funciona".

Entre outras medidas, o projeto revela a intenção de desenvolver ogivas nucleares de baixa potência para mísseis Trident, utilizados por submarinos da classe Ohio. Além disso, o departamento de Defesa dos EUA planeja desenvolver um míssil nuclear de baixa potência para suas bases marítimas.

O Pentágono considera o atual arsenal nuclear a disposi…

Força Aérea turca elimina um dos líderes do Daesh em Al-Bab

O chefe do grupo terrorista Daesh na cidade síria de Al-Bab, Abu-Halid Urduni, foi eliminado durante uma operação da Força Aérea da Turquia no dia 3 de fevereiro, informou uma fonte militar à Sputnik.


Sputnik

Nas últimas 24 horas, as forças turcas eliminaram 30 jihadistas e destruíram 39 alvos do Daesh em Al-Bab e Bzagah, entre eles – três postos de comando, um depósito de munições e dois veículos armadilhados. 


Veículos destruídos na sequência de explosão perto de Al-Bab, na Síria
al-Bab, Síria © REUTERS/ Khalil Ashawi

"O assim chamado 'governador do Daesh', estava entre os 32 terroristas mortos em 3 de fevereiro na sequência de um ataque efetuado pela Força Aérea turca. Isso foi confirmado por conversas dos terroristas interceptadas via rádio", comunicou a fonte.

Segundo uma mensagem interceptada antes da morte, Urduni foi felicitado pela nomeação pelo chefe do Daesh da cidade de Raqqa. Na mensagem também havia uma recomendação de achar e punir os traidores culpados das perdas em Al-Bab sofridas pelo Daesh durante a última semana.

O Exército da Turquia começou a operação Escudo de Eufrates contra o Daesh em 24 de agosto de 2016, tendo libertado a cidade fronteiriça de Jarablus, no norte da Síria, com a participação da oposição síria.


O principal objetivo da missão é eliminar os terroristas, que dominam uma área de cinco mil quilômetros quadrados, para criação de uma zona segura, que será usada também para instalação de refugiados.

Postar um comentário