Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialistas: aumenta o risco de guerra entre os EUA, a Rússia e a China

O desenvolvimento de novos tipos de armas nucleares de "baixa potência" aumenta o risco de uma guerra entre os EUA, a Rússia e a China, segundo especialistas consultados por Newsweek.
Sputnik

O Pentágono está desenvolvendo dois novos tipos de armas nucleares, para acompanhar os progressos da Rússia e da China nesse terreno. Os especialistas tiveram acesso às minutas do projeto de doutrina nuclear norte-americana, que acusa Moscou e Pequim de ampliar as suas capacidades nucleares. 


Esse documento afirma a necessidade de "desenvolver e incorporar novos meios de contenção e de defesa dos objetivos, quando a contenção não funciona".

Entre outras medidas, o projeto revela a intenção de desenvolver ogivas nucleares de baixa potência para mísseis Trident, utilizados por submarinos da classe Ohio. Além disso, o departamento de Defesa dos EUA planeja desenvolver um míssil nuclear de baixa potência para suas bases marítimas.

O Pentágono considera o atual arsenal nuclear a disposi…

França, EUA e Reino Unido simulam ataque naval contra Irã

As Marinhas norte-americana, britânica e francesa pretendem realizar manobras conjuntas ao largo da costa do Irã na próxima semana.


Sputnik


Os exercícios militares, batizadas de Unified Trident (Tridente Unificado) e com a participação de militares dos EUA, Reino Unido e França, simularão uma situação de confrontação com a República Islâmica, com objetivo de "reforçar as capacidades das tropas", bem como "melhorar a sua competência tática e reforçar a parceria para assegurar a circulação livre de bens e a liberdade de navegação", segundo comunicou o comando central da Marinha dos EUA. 

Navio militar norte-anericano USS Mahan
USS Mahan da US Navy © AP Photo/ Ed Bailey

Os exercícios serão realizados perto da costa de Bahrein e contarão com porta-aviões, fragatas e destroieres, comunica a edição Middle East Eye.

O Irã e os EUA já se confrontaram várias vezes no passado no Golfo Pérsico e no Estreito de Ormuz. Além disso, em janeiro passado, o navio USS Mahan da Marinha dos EUA disparou três tiros contra um grupo de navios do Irã que se tinham aproximado do Estreito de Ormuz.


Postar um comentário