Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

No decorrer da operação Ramo de Oliveira será criada zona de segurança na Síria

O primeiro-ministro turco Binali Yildirim anunciou a criação, durante a operação militar turca na província síria de Afrin, de uma faixa de segurança de 30 quilômetros.
Sputnik

O premiê, citado pela emissora Haberturk, adiantou também que a operação seria efetuada em quatro etapas.


"A operação vai decorrer em 4 etapas com o objetivo de criar uma faixa de segurança de 30 quilômetros, que será limpa de terroristas", disse o político, citado pela emissora NTV.

Yildirim adiantou que até agora não há mortos ou feridos entre o contingente turco que realiza a operação.

Mais cedo, o Estado-Maior da Turquia anunciou o início da operação "Ramo de Oliveira" contra os grupos curdos na província síria de Afrin, que começou precisamente às 14h00 locais (12h00 no horário de Brasília). De acordo com a entidade militar, a operação conta com a participação de 72 aviões, enquanto 108 dos 113 alvos planejados já foram eliminados. Há poucos dias, o premiê turco, Binali Yildirim, havia avanç…

Assad apoia projeto da Rússia para Constituição da Síria

O presidente sírio, Bashar Assad, afirmou que as autoridades do país saúdam as propostas da Rússia para resolver a crise síria, incluindo o projeto de Constituição.


Sputnik


"Ontem o nosso representante nas Nações Unidas, o Sr. Jaafari, anunciou que apoiamos as iniciativas russas, diferentes iniciativas, não só essa, e agora estamos discutindo os detalhes com os russos", disse Assad a jornalistas russos ao responder se estava ciente da proposta russa de criar uma comissão para redigir a Constituição da Síria.

Presidente da Síria, Bashar Assad, visto durante uma visita do vice-primeiro-ministro russo, Dmitry Rogozin, a Damasco
Presidente da Síria Bashar Assad © Sputnik/ Sergei Mamontov

Ele também afirmou que a Rússia forneceu assistência substancial à Síria na libertação de Palmira.

"Normalmente nós não falamos sobre assuntos militares, mas ali houve uma ajuda significativa em terra, embora eu não possa entrar em detalhes", disse ele.

Bashar Assad também manifestou esperança de poder receber mais ajuda militar da Rússia, se necessário, para combater o terrorismo. "Ao mesmo tempo, acredito que por ora o nível de apoio por parte da Rússia é suficiente e eficaz", completou.


Postar um comentário