Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha e Aeronáutica do Brasil auxiliam buscas a submarino argentino desaparecido, diz ministro

Segundo Raul Jungmann, três navios e um avião brasileiros já foram disponibilizados. Última vez que o submarino militar com 44 pessoas a bordo manteve contato com a base foi na quarta-feira (15).
Por G1, Brasília

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, publicou em seu perfil no Twitter neste sábado (18) que três navios da Marinha brasileira "já estão auxiliando" nas buscas a um submarino argentino que desapareceu com 44 tripulantes a bordo.

Ainda segundo o ministro, a Força Aérea Brasileira (FAB) disponibilizou um avião para também ajudar na procura pelo submarino e um segundo avião "será deslocado para apoiar as buscas do submarino argentino desaparecido" a partir deste domingo (19).

O submarino militar ARA San Juan manteve contato com a base pela última vez na manhã de quarta-feira (15), quando estava no sul do Mar Argentino, a 432 quilômetros da costa patagônica do país.

De acordo com a FAB, o primeiro avião disponibilizado pelo Brasil decolou, com 18 tripulantes, às 17…

Assad apoia projeto da Rússia para Constituição da Síria

O presidente sírio, Bashar Assad, afirmou que as autoridades do país saúdam as propostas da Rússia para resolver a crise síria, incluindo o projeto de Constituição.


Sputnik


"Ontem o nosso representante nas Nações Unidas, o Sr. Jaafari, anunciou que apoiamos as iniciativas russas, diferentes iniciativas, não só essa, e agora estamos discutindo os detalhes com os russos", disse Assad a jornalistas russos ao responder se estava ciente da proposta russa de criar uma comissão para redigir a Constituição da Síria.

Presidente da Síria, Bashar Assad, visto durante uma visita do vice-primeiro-ministro russo, Dmitry Rogozin, a Damasco
Presidente da Síria Bashar Assad © Sputnik/ Sergei Mamontov

Ele também afirmou que a Rússia forneceu assistência substancial à Síria na libertação de Palmira.

"Normalmente nós não falamos sobre assuntos militares, mas ali houve uma ajuda significativa em terra, embora eu não possa entrar em detalhes", disse ele.

Bashar Assad também manifestou esperança de poder receber mais ajuda militar da Rússia, se necessário, para combater o terrorismo. "Ao mesmo tempo, acredito que por ora o nível de apoio por parte da Rússia é suficiente e eficaz", completou.


Postar um comentário