Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Avança ofensiva antiterrorista do Exército sírio no sul de Damasco

O exército sírio avançou hoje em sua ofensiva contra os terroristas do grupo Estado Islâmico ao destruir túneis e trincheiras erguidas na localidade de Hayyar Asswad e no Acampamento de Refugiados Palestinos de Yarmouk.
Prensa Latina

Damasco - Segundo fontes militares, com os ataques aos refúgios dos radicais do Estado Islâmico e da Frente al-Nusra, as tropas governamentais limitaram os movimentos dos takfiristas entre Qadam e Hayyar Asswad, no sul de Damasco.


De acordo com os informes, nas últimas horas o Exército tomou o controle das instalações de Joura, na parte oriental do bairro Qadam, e avançou nos distritos de Yalda e Bebila, vizinhos de Yarmouk.

Desde a última quinta-feira, a aviação síria e tropas terrestres realizam fortes bombardeios contra os grupos extremistas, com a determinação de libertar as áreas que esses grupos ocupam atualmente.

Até o momento, um elevado número de jihadistas, entre eles cinco cabeças emires, foram abatidos pelas tropas governamentais em aliança com br…

Conselho de Segurança da ONU condena disparo de mísseis norte-coreanos

Quatro mísseis balísticos foram disparados em direção ao Mar do Leste (Mar do Japão) neste domingo.


France Presse

O Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou energicamente nesta terça-feira (7) os recentes disparos de mísseis balísticos por parte da Coreia do Norte, e manifestou sua preocupação diante do "comportamento crescentemente desestabilizador" de Pyongyang. 

Resultado de imagem para coreia do norte missil balistico

A enérgica condenação está incluída no projeto de declaração apresentado pelos Estados Unidos, que foi aprovado por unanimidade pelo Conselho, apesar da tensão entre Washington e Pequim em torno da instalação do sistema de defesa antimísseis americano THAAD na Coreia do Sul.

A Coreia do Norte lançou neste domingo (5) quatro mísseis balísticos em direção ao Mar do Leste (Mar do Japão). Na segunda, o país afirmou que os disparos foram um exercício visando atingir, no caso de necessidade, as bases americanas no Japão.

Postar um comentário