Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Moscou revela fotos de material bélico dos EUA nas posições do Daesh

O Ministério da Defesa da Rússia publicou na sua conta no Facebook fotos aéreas de posições do Daesh (organização proibida na Rússia), perto da cidade de Deir ez-Zor, nas quais se vê material bélico dos EUA.
Sputnik

"Graças às fotografias aéreas captadas entre 8 e 12 de setembro de 2017, perto das posições do Daesh foi detectado um grande número de veículos blindados norte-americanos Hummer que estão em serviço das forças especiais dos EUA", informou o ministério.


Segundo o ministério, nas fotos é claramente visível o posicionamento das forças especiais dos EUA em pontos de apoio que anteriormente foram equipados pelos terroristas. Nas fotos não há nenhuns vestígios de ataques, bem como de confrontos com os terroristas ou crateras provocadas por ataques aéreos realizados pela coalizão internacional liderada pelos EUA.

"Embora os pontos de apoio dos destacamentos das Forças Armadas dos EUA estejam nas zonas das atuais posições do Daesh, não existem quaisquer vestígios de pre…

Embaixador israelense espera que Rússia ajude a evitar a escalada na Síria

O embaixador israelense na Rússia, Gary Koren, disse a Sputnik que não descarta a escalada das relações com a Síria. Na semana passada, as forças israelenses realizaram ataques aéreos no território sírio, visando, de acordo com uma declaração oficial das autoridades israelenses, o movimento xiita Hezbollah ativo no país.


Sputnik

O embaixador disse que Israel deve estar "preparado para tudo" quando perguntado se ele descarta a escalada nas relações com a Síria. Ao mesmo tempo, expressou a esperança de que a Rússia e outros atores externos ajudem a prevenir a deterioração da situação na região.

Soldados israelenses perto da fronteira com a Síria no terrítorio de colinas de Golã ocupado por Israel, 22 de junho de 2015
Tropas israelenses na fronteira com a Síria © AFP 2017/ MENAHEM KAHANA

"Esperamos que os aliados da Rússia e da Síria usem sua influência para trazer Damasco à razão", disse o embaixador Koren, comentando sobre o recente acidente de avião.

Na semana passada, as forças israelenses realizaram ataques aéreos no território sírio, dizendo que tinham como alvo um comboio supostamente portador de armas para o movimento xiita Hezbollah. No mesmo dia, o comando do Exército sírio disse em um comunicado que havia derrubado um de quatro jatos da Força Aérea israelense que violaram seu espaço aéreo e supostamente alvejaram unidades sírias perto de Palmira.

Após o incidente, Moscou convocou o embaixador israelense na Rússia, Gary Koren, para perguntar sobre ataques aéreos contra tropas sírias perto de Palmira.

Postar um comentário