Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

No decorrer da operação Ramo de Oliveira será criada zona de segurança na Síria

O primeiro-ministro turco Binali Yildirim anunciou a criação, durante a operação militar turca na província síria de Afrin, de uma faixa de segurança de 30 quilômetros.
Sputnik

O premiê, citado pela emissora Haberturk, adiantou também que a operação seria efetuada em quatro etapas.


"A operação vai decorrer em 4 etapas com o objetivo de criar uma faixa de segurança de 30 quilômetros, que será limpa de terroristas", disse o político, citado pela emissora NTV.

Yildirim adiantou que até agora não há mortos ou feridos entre o contingente turco que realiza a operação.

Mais cedo, o Estado-Maior da Turquia anunciou o início da operação "Ramo de Oliveira" contra os grupos curdos na província síria de Afrin, que começou precisamente às 14h00 locais (12h00 no horário de Brasília). De acordo com a entidade militar, a operação conta com a participação de 72 aviões, enquanto 108 dos 113 alvos planejados já foram eliminados. Há poucos dias, o premiê turco, Binali Yildirim, havia avanç…

Especialista: arma de laser do MiG-35 pode 'cegar' caças ocidentais

O novo caça russo MiG-35 obterá uma arma de laser, comunicou a fabricante russa de aeronaves MiG. O especialista em aeronáutica, Dmitry Drozdenko, explicou ao serviço russo da Rádio Sputnik quais tarefas esta arma pode realizar em caças ligeiros.


Sputnik

Anteriormente, o comandante-chefe da Força Aeroespacial da Rússia, coronel-general Viktor Bondarev, falou sobre a possibilidade de uso de armas de laser nas aeronaves MiG-35.


Caca russo MiG-35
Mig 35 © Sputnik/ Vladimir Astapkovich

Segundo o diretor da empresa fabricante – MiG, Ilia Tarasenko, pilotos russos passarão por treinamento especial para voar nas aeronaves em questão. Já o avião será testado durante dois anos, acrescentou.

O vice-redator-chefe do jornal Arsenal da Pátria, Dmitry Drozdenko, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, contou que as armas de laser são capazes de desabilitar tecnologia avançada, criando interferências maciças.

"Não se trata de lasers semelhantes aos da 'Guerra nas Estrelas' que eliminam naves espaciais, pois [os lasers da saga] destroem naves gigantescas", disse Dmitry Drozdenko, acrescentando que caças ligeiros com armas de laser podem realmente causar um dano fatal ao equipamento do inimigo.

Segundo o especialista, o avião MiG-35 tem grande potencial de exportações, pois nem todos os países do mundo precisam de bombardeiros pesados como o Su-35. Países como Índia, Cazaquistão e Peru podem comprar muitos desses caças.



Postar um comentário