Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia não considera Patriot como alternativa ao S-400, diz parlamentar turco

Washington está negociando com Ancara quanto à possibilidade de fornecimento dos sistemas de defesa antiaérea norte-americanos Patriot no lugar dos S-400 russos, escreveu a revista turca Sabah, citando a assessora do Secretário de Estado dos EUA em questões políticas, Tina Kaidanow.
Sputnik

Kaidanow relevou que o Departamento do Estado está negociando com a Turquia para "tentar dar a entender aos turcos o que se pode fazer em relação aos Patriot".

"Estamos preocupados que a compra dos sistemas russos de defesa antiaérea seja uma espécie de apoio para a Rússia que, pelo que vimos, não se comporta bem em várias partes do mundo, inclusive na Europa", afirmou a assessora, citada pela edição turca.

Um representante do Ministério das Relações Exteriores turco, que pediu anonimato, comentou à Sputnik Turquia sobre a situação quanto às compras dos S-400 por Ancara, bem como quanto ao diálogo com os EUA.
"A nossa postura em relação aos S-400 foi reiterada por diversas vezes…

Especialista: arma de laser do MiG-35 pode 'cegar' caças ocidentais

O novo caça russo MiG-35 obterá uma arma de laser, comunicou a fabricante russa de aeronaves MiG. O especialista em aeronáutica, Dmitry Drozdenko, explicou ao serviço russo da Rádio Sputnik quais tarefas esta arma pode realizar em caças ligeiros.


Sputnik

Anteriormente, o comandante-chefe da Força Aeroespacial da Rússia, coronel-general Viktor Bondarev, falou sobre a possibilidade de uso de armas de laser nas aeronaves MiG-35.


Caca russo MiG-35
Mig 35 © Sputnik/ Vladimir Astapkovich

Segundo o diretor da empresa fabricante – MiG, Ilia Tarasenko, pilotos russos passarão por treinamento especial para voar nas aeronaves em questão. Já o avião será testado durante dois anos, acrescentou.

O vice-redator-chefe do jornal Arsenal da Pátria, Dmitry Drozdenko, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, contou que as armas de laser são capazes de desabilitar tecnologia avançada, criando interferências maciças.

"Não se trata de lasers semelhantes aos da 'Guerra nas Estrelas' que eliminam naves espaciais, pois [os lasers da saga] destroem naves gigantescas", disse Dmitry Drozdenko, acrescentando que caças ligeiros com armas de laser podem realmente causar um dano fatal ao equipamento do inimigo.

Segundo o especialista, o avião MiG-35 tem grande potencial de exportações, pois nem todos os países do mundo precisam de bombardeiros pesados como o Su-35. Países como Índia, Cazaquistão e Peru podem comprar muitos desses caças.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas