Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Argentina concorda em construir bases norte-americanas em seu território

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, aprovou a construção no país de várias bases militares dos EUA, informou no sábado (21) o portal mexicano Aristegui Noticias com referência a fontes informadas.
Sputnik

De acordo com o portal, trata-se de ao mínimo três bases militares a serem construídas nas províncias de Neuquén (onde fica a jazida de gás de xisto Vaca Muerta), Misiones e Tierra del Fuego, de onde se pode controlar a Antártida.

A sua criação deve ser financiada pelo Comando Sul dos EUA. Um dos principais adeptos da criação de bases seria a ministra da Segurança da Argentina, Patricia Bullrich.

Além disso, nota o portal mexicano, a ministra elogiou a chegada ao país de instrutores americanos que efetuam a preparação dos policiais argentinos antes da cúpula do G20 em novembro. Isso viola as atuais leis argentinas, porque é necessário obter a autorização do Congresso para tais ações, algo que não foi feito.

EUA testam o RAMBO, lançador de granadas impresso em 3D

Os militares norte-americanos apresentaram um lançador de granadas construído totalmente com recurso a tecnologias de impressão 3D. É claro, deram-lhe um nome apropriado: RAMBO. As granadas que dispara também estão impressas, segundo informa o Popular Mechanics.


Sputnik

A Arma Balística Rápida Fabricada Aditivamente — RAMBO (na sigla em inglês) é um lançador de granadas M203 com culatra e punho feitos quase completamente com tecnologias de impressão 3D. É composto por 50 elementos diferentes, entre os quais há alguns feitos de alumínio.


Lançador de granadas M203 RAMBO

Os testes mostraram que este revolucionário lançador de granadas funciona praticamente da mesma forma que as armas tradicionais. Além disso, depois de lançar 15 granadas não sofreu qualquer dano.

A arma levou pouco mais de três dias a ser fabricada e o exército dos EUA ficou satisfeito com os resultados. A principal vantagem do uso de armamento impresso é a flexibilidade de projetar novos protótipos de armas, já que podem ser fabricados modelos de armas experimentais a um custo muito reduzido.

Além disso, os militares esperam que em breve todo o material bélico utilize o sistema de impressão 3D e que até mesmo os soldados localizados em postos avançados sejam capazes de fabricar suas próprias armas e munições.

No entanto, esta possibilidade é também alarmante, já que implica que qualquer pessoa com uma impressora 3D pode imprimir seu próprio lançador de granadas.

Os criadores do RAMBO argumentam que "com os métodos normais de impressão uma pessoa demoraria meses e pagaria milhares de dólares [a construir uma unidade], sem mencionar que são necessários grandes conhecimentos de engenharia para tal".


Postar um comentário

Postagens mais visitadas