Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialistas: aumenta o risco de guerra entre os EUA, a Rússia e a China

O desenvolvimento de novos tipos de armas nucleares de "baixa potência" aumenta o risco de uma guerra entre os EUA, a Rússia e a China, segundo especialistas consultados por Newsweek.
Sputnik

O Pentágono está desenvolvendo dois novos tipos de armas nucleares, para acompanhar os progressos da Rússia e da China nesse terreno. Os especialistas tiveram acesso às minutas do projeto de doutrina nuclear norte-americana, que acusa Moscou e Pequim de ampliar as suas capacidades nucleares. 


Esse documento afirma a necessidade de "desenvolver e incorporar novos meios de contenção e de defesa dos objetivos, quando a contenção não funciona".

Entre outras medidas, o projeto revela a intenção de desenvolver ogivas nucleares de baixa potência para mísseis Trident, utilizados por submarinos da classe Ohio. Além disso, o departamento de Defesa dos EUA planeja desenvolver um míssil nuclear de baixa potência para suas bases marítimas.

O Pentágono considera o atual arsenal nuclear a disposi…

Exército Brasileiro faz encomenda de R$ 36,5 milhões à Saab

Estadão Conteúdo

A companhia sueca Saab, do setor aeroespacial de defesa e segurança, informou nesta segunda-feira que assinou um contrato com o Exército Brasileiro para o fornecimento do Sistema Míssil de Baixa Altura Telecomandado RBS 70. A encomenda tem um valor total aproximado de 105 milhões de coroas suecas (R$ 36,5 milhões) e as entregas irão ocorrer entre este ano e 2018. 


Resultado de imagem para rbs 70
RBS-70

Segundo a Saab, “o sistema RBS 70 está hoje em serviço no Exército Brasileiro e fez parte do esquema de segurança dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro”. O contrato assinado inclui postos de tiro, equipamentos de visão noturna, simuladores de treinamento, camuflagem multiespectral para o RBS 70 e equipamentos de testes e manutenção.

“Com essa encomenda, o Exército Brasileiro continua a melhorar sua capacidade de defesa aérea. O sistema desempenhou um papel muito importante na proteção dos Jogos Olímpicos de 2016, dando suporte não apenas à segurança dos jogos, mas também a infraestrutura estratégica”, disse Stefan Öberg, chefe da unidade de negócios Missile Systems da área Dynamics da Saab.


Postar um comentário