Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Venezuela está disposta a 'defender soberania e independência de Nicarágua'

Jorge Arreaza, chanceler da Venezuela, avisou da capital nicaraguense, Manágua, que o presidente Nicolás Maduro está disposto a apoiar a Nicarágua em defesa de sua soberania se for necessário.
Sputnik

"Se [nós] o povo bolivariano, os revolucionários da Venezuela, tivéssemos que vir à Nicarágua para defender a soberania e a independência nicaraguense, e oferecer nosso sangue pela Nicarágua, iríamos como Sandino, até à montanha de Nueva Segovia", expressou Arreaza.

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela fez essas declarações durante a comemoração dos 39 anos do triunfo da Revolução Sandinista em Nicarágua, país para o qual viajou em 19 de julho.

O socialismo, enfatizou Arreaza, é o caminho certo, e assegurou que a Venezuela passou por uma situação semelhante da qual a Nicarágua enfrenta desde abril deste ano.

"Caros compatriotas, dizemos-lhes porque vivemos essa mesma experiência que vocês vivem nos últimos meses, nós as chamamos de guarimbas [termo para protesto popu…

Exército iraquiano assume principais rotas de saída de Mossul e sufoca Estado Islâmico

Forças iraquianas capturaram o lado leste de Mossul em janeiro após 100 dias de confrontos e realizaram ataque contra distritos que ficam a oeste do rio Tigre em 19 de fevereiro.


Reuters


Unidades do Exército do Iraque apoiadas pelos Estados Unidos tomaram controle da última grande rodovia de saída do leste de Mossul, no Iraque, que estava sob comando do Estado Islâmico, disseram um general e moradores da região, sufocando militantes do grupo jihadista em uma área cada vez menor dentro da cidade.

Resultado de imagem para bombardeio mossul
Fumaça é vista após bombardeio durante batalha contra militantes do Estado Islâmico no distrito de al-Mamoun em Mossul, no Iraque (Foto: Reuters/Alaa Al-Marjani) 

Uma divisão do Exército estava a menos de um quilômetro do "Portão Síria" de Mossul, a entrada no noroeste da cidade, disse um general da unidade à Reuters por telefone.

"Nós efetivamente controlamos a rodovia, está em nossa vista", disse. Moradores de Mossul disseram que não podiam viajar pela rodovia que começa no "Portão Síria" desde terça-feira.

A rodovia liga Mossul a Tal Afar, outro reduto do Estado Islâmico, a 60 quilômetros para oeste, e então para a fronteira com a Síria.

Forças iraquianas capturaram o lado leste de Mossul em janeiro após 100 dias de confrontos e realizaram ataque contra distritos que ficam a oeste do rio Tigre em 19 de fevereiro.

O comandante dos Estados Unidos no Iraque disse acreditar que forças apoiadas pelos EUA irão retomar Mossul e Raqqa, reduto do Estado Islâmico na Síria, dentro de seis meses.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas