Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares dos EUA prometem responder a possível ataque turco contra cidade síria de Manbij

Os militares norte-americanos prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade síria de Manbij à luz de uma possível operação turca na área, afirmou o comandante do Conselho Militar de Manbij, que faz parte das Forças Democráticas da Síria (FDS), Ebu Adil.
Sputnik

Em entrevista à Sputnik Turquia, Ebu Adil comentou a resposta dos EUA às preocupações expressas pelos representantes do Conselho Militar de Manbij devido a um possível ataque contra a cidade síria por parte de Ancara.


"Há dois anos, em conjunto com as forças da coalizão liderada pelos EUA, nós limpamos Manbij do Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países]. Desde então, na cidade se encontram forças da coalizão. Algum tempo atrás, nós falamos com os militares norte-americanos sobre um possível ataque da Turquia contra Manbij. Os militares dos EUA prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade, de onde quer que ele provenha", afirmou o comandante do conselho.

Além disso, ele …

Terroristas do Daesh atacam Deir ez-Zor ferindo 25 pessoas, a maioria crianças

Terroristas do Daesh atacam a cidade síria de Deir ez-Zor ferindo 25 pessoas, a maioria crianças.


Sputnik

Pelo menos 25 pessoas ficaram feridas em um bombardeio na cidade síria de Deir ez-Zor. O ataque foi realizado por terroristas do Daesh (grupo proibido na Rússia e em muitos outros países), relata a agência SANA. 


Habitantes da cidade de Deir ez-Zor, foto de arquivo - 26 de setembro, 2013
Ataque a Deir ez-Zor © AFP 2017/ AHMAD ABOUD

De acordo com a agência, a maioria das vítimas é crianças.

Os mísseis explodiram nos bairros de al-Qusur e al-Joura, no oeste de Deir ez-Zor.

Na segunda-feira (6), foi relatado que as unidades do exército sírio entraram em confrontos com terroristas do Daesh nos subúrbios a sul de Deir ez-Zor.

A cidade de Deir ez-Zor, que está sendo controlada pelas forças do governo sírio, está cercada pelo Daesh desde julho de 2014. Os moradores de Deir ez-Zor e os militares só recebem comida e ajuda humanitária através de corredores especiais. Em 30 de janeiro, as Nações Unidas reiniciaram as entregas de ajuda após uma pausa de duas semanas.


Postar um comentário