Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

'Sangue e caos': príncipe saudita chama Trump de 'oportunista' por decisão sobre Jerusalém

O ex-chefe da inteligência saudita, o Príncipe Turki al-Faisal, criticou o reconhecimento do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de Jerusalém como a capital de Israel, em uma das mais acentuadas reações do reino aliado de Washington no Oriente Médio.
Sputnik

Em uma carta a Trump publicada em um jornal saudita nesta segunda-feira, o príncipe Turki, um ex-embaixador em Washington que agora não ocupa nenhum cargo do governo, mas continua influente, chamou a decisão de uma estratagema política doméstica que provocaria violência.


"O derramamento de sangue e o caos definitivamente seguirão sua tentativa oportunista de ganhar eleitoralmente", escreveu o príncipe Turki em uma carta publicada no jornal saudita al-Jazeera.

Trump inverteu décadas de política dos EUA e virou do consenso da crítica internacional na semana passada, reconhecendo Jerusalém como a capital de Israel. A maioria dos países diz que o status da cidade deve ser deixado para negociações entre Israel e os pales…

À beira da guerra: China classifica situação na península Coreana como crítica

A situação na Península Coreana está demasiado escalada, afirmou o ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi.


Sputnik

"Hoje em dia a situação está em um ponto crítico", acrescentou. 


Kim Jong-un o líder da Coreia do Norte
 Kim Jong-un © Sputnik/ Ilia Pitalev

A tensão em torno da Península Coreana subiu durante os últimos meses por causa dos testes de mísseis por parte da Coreia do Norte e do possível novo teste nuclear.

Os EUA afirmam que não excluem um cenário militar na região mas têm intensões de resolver a questão diplomaticamente.


Postar um comentário