Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Países muçulmanos reconhecem Jerusalém como capital do Estado da Palestina

Os países da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI) acordaram nesta quarta-feira reconhecer Jerusalém Oriental como capital do Estado da Palestina e convidaram as outras nações a fazer o mesmo, em resposta à decisão dos EUA de declarar Jerusalém como capital de Israel.
EFE

"Declaramos Jerusalém Oriental como capital do Estado da Palestina e convidamos todos os países a reconhecer o Estado da Palestina com Jerusalém Oriental como sua capital ocupada", indica a minuta da declaração preparada nesta quarta-feira em Istambul por esta organização, formada por 57 países de maioria muçulmana.


A OCI, formada por 57 países de maioria muçulmana, inclui desde sua fundação em 1969 a Palestina como membro pleno, com sua capital em Jerusalém.

O documento, apresentado pelos "reis, chefes de Estado e de Governo dos Estados membros da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI)", apresenta em 23 pontos a postura do mundo muçulmano perante a decisão dos EUA.

Nesse texto, a OCI &quo…

Ataque contra centro de Damasco deixa civis mortos e feridos

Pelo menos duas pessoas morreram e outras sete ficaram feridas em um bombardeio terrorista no centro da capital síria neste domingo, conforme relataram órgãos de mídia locais.


Sputnik


Os militantes teriam disparado tiros de morteiro contra civis que estavam na praça Umayyad, em Damasco, matando uma mulher e uma criança. 

Explosões em Damasco durante ataque a centro da cidade em março de 2017
Explosão em Damasco, Síria © Twitter/ Hadi Albhara

No início de março, a cidade foi alvo de um grande ataque contra civis perto do cemitério de Bab al-Saghir, matando pelo menos 40 pessoas e deixando cerca de 120 feridos. O grupo Tahrir al-Sham reivindicou a responsabilidade por esse ato. No final do mês, forças da oposição lançaram uma ofensiva surpresa contra a capital e quase chegaram ao centro da cidade, mas foram reprimidos pela aviação síria.

Na última sexta-feira, tropas do governo conseguiram frustrar mais uma investida terrorista contra Damasco, matando ou ferindo os militantes envolvidos na tentativa.


Postar um comentário