Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Kim Jong-un: Após 'declaração de guerra feroz', Trump e os EUA pagarão caro

Em um raro pronunciamento, o líder norte-coreano Kim Jong-un disse nesta sexta-feira (horário local) que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e seu povo "pagarão caro"pelas “palavras excêntricas” que pregaram a destruição da Coreia do Norte.
Sputnik

Em seu discurso na Assembleia Geral da ONU, Trump afirmou que os EUA estão prontos para a "destruição total" da Coreia do Norte, caso isso se faça necessário.


Além disso, o presidente estadunidense chamou Kim de "Homem Foguete", pelo que considera uma "tática suicida" de provocações contra Washington e o resto dos seus aliados na Ásia.

"Agora estou pensando muito sobre a resposta que ele poderia ter esperado quando ele se permitiu que palavras tão excêntricas tropeçassem da sua língua", disse Kim, em declarações reproduzidas pela Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA).

"Qualquer coisa que Trump possa ter esperado, ele enfrentará resultados além de suas expectativas. Eu vou, …

China lança à água 1º porta-aviões de produção nacional (video)

O primeiro porta-aviões de produção chinesa foi lançado à água em meio à escalada de tensões na península Coreana.


Sputnik

"O segundo porta-aviões chinês foi lançado à água em 26 de abril no porto de Dalian", informa a agência chinesa Xinhua. 


O primeiro porta-aviões de construção nacional da China durante cerimônia de lançamento em Dalian, província de Liaoning, China, 26 de abril de 2017
Porta-aviões chinês Type 001A © REUTERS/ Stringer

O Type 001A, de 315 metros de comprimento e 75 metros de largura, pesa 70.000 toneladas. O navio foi construído nos estaleiros de Dalian, um porto na província de Liaoning, no norte da China, que faz fronteira com a Coreia do Norte.

Esperava-se que o porta-aviões fosse lançado à água em 23 de abril, no aniversário da Marinha do Exército de Libertação Popular, mas a cerimônia realizou-se uns dias mais tarde.

O primeiro porta-aviões do país Liaoning foi construído na base do cruzador soviético Varyag, comprado à Ucrânia em 1998. O porta-aviões entrou em operação na Marinha chinesa em setembro de 2012. Em novembro de 2012, foram anunciados exercícios bem-sucedidos de aterrissagem de caças J-15 no convés do porta-aviões.


Postar um comentário