Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Coreia do Norte ameaça 'esmagar completamente' os EUA em caso de agressão ao país

A Coreia do Norte ameaça "esmagar completamente" as tropas dos EUA não só no território sul-coreano, mas no território principal norte-americano, caso realizarem qualquer ataque contra o país, diz o comunicado publicado no jornal central norte-coreano de Rodong Sinmun.


Sputnik

O comunicado em questão foi publicado no mesmo momento da publicação da realização de um novo teste de míssil pela Coreia do Norte. 


Soldado do Exército da Coreia do Norte
Soldado da Coreia do Norte © AP Photo/ Wong Maye-E, File

"A nossa posição é a seguinte: se os EUA tentarem fazer qualquer coisa, serão, sem qualquer hesitação, esmagados completamente não apenas as tropas agressivas [norte-americanas] na Coreia do Sul, mas também no seu território principal", revela o comunicado.

Segundo o jornal, a estratégia especial e ataque preventivo, realizados pela Coreia do Norte, "serão completamente justificáveis".

"Basta apertar o botão para que América [EUA] se torne pó. Os EUA devem lembrar: na Península Coreana, um agressor imprudente e provocador não pode escapar da morte", aponta ao Rodong Sinmun o Comitê Central do Partido dos Trabalhadores da Coreia.

A Coreia do Norte realizou novo lançamento de um míssil balístico na quarta-feira (05) na área de Sinpo. Segundo a informação de Seul, o míssil voou cerca de 60 quilômetros e caiu no mar do Japão. As forças da Coreia do Sul estão em estado de alerta máximo.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas