Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Daesh atacou exército sírio simultaneamente com raide norte-americano

Terroristas do Daesh atacaram as posições do exército sírio na estrada Homs-Palmira simultaneamente com o bombardeio norte-americano da base de Shayrat, a leste de Homs, disse uma fonte no local à Sputnik.


Sputnik


"Será uma coincidência o fato de os terroristas do Daesh terem atacado uma das posições defensivas da estrada Homs-Palmira simultaneamente com o raide dos EUA contra a base de Shayrat?", pergunta a fonte.

Militantes do grupo terrorista Daesh
Terroristas do Estado Islâmico em comemoração © AP Photo/ Karim Kadim

Segundo ele, os terroristas atacaram as posições do exército por volta das 2h00 da madrugada (horário local) e mantiveram o controle do local por mais de uma hora, até chegarem reforços.

Atualmente, o exército está expulsando os terroristas da estrada para a zona do deserto.

Os Estados Unidos lançaram pelo menos 59 mísseis de cruzeiro na noite desta quinta-feira (6) em um aeródromo sírio próximo à cidade de Homs. O ataque seria uma resposta de Trump às denúncias de uso de armas químicas proibidas pelo governo sírio, responsável pela morte de 100 pessoas na terça-feira.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas