Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Países muçulmanos reconhecem Jerusalém como capital do Estado da Palestina

Os países da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI) acordaram nesta quarta-feira reconhecer Jerusalém Oriental como capital do Estado da Palestina e convidaram as outras nações a fazer o mesmo, em resposta à decisão dos EUA de declarar Jerusalém como capital de Israel.
EFE

"Declaramos Jerusalém Oriental como capital do Estado da Palestina e convidamos todos os países a reconhecer o Estado da Palestina com Jerusalém Oriental como sua capital ocupada", indica a minuta da declaração preparada nesta quarta-feira em Istambul por esta organização, formada por 57 países de maioria muçulmana.


A OCI, formada por 57 países de maioria muçulmana, inclui desde sua fundação em 1969 a Palestina como membro pleno, com sua capital em Jerusalém.

O documento, apresentado pelos "reis, chefes de Estado e de Governo dos Estados membros da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI)", apresenta em 23 pontos a postura do mundo muçulmano perante a decisão dos EUA.

Nesse texto, a OCI &quo…

Exército sírio retoma controle de rodovias importantíssimas em Hama

A aldeia Majdal, que fica no norte da província de Hama, é considerada um ponto estrategicamente importantíssimo, que foi atacado por terroristas no fim de março.


Sputnik

O exército governamental retomou controle do povoado e está realizando a desativação de minas nas áreas libertadas para que os civis possam voltar para suas casas.

Resultado de imagem para majdal siria
Imagem do YouTube | EuroNews

Uma fonte militar explicou à Sputnik Árabe que, perto da aldeia Majdal, há rodovias estrategicamente importantes, que ligam Hama, Masyaf e Mahrada. Por isso, o exército começou libertando as aldeias, cuja locação é importante para toda a região.

A infantaria síria realizou ataque contra posições dos terroristas depois dos realizados pela artilharia e aviação russa, disse a fonte. Isso ajudou a eliminar muitos franco-atiradores que estavam escondidos em telhados.

No dia 23 de março, extremistas da Frente al-Nusra e aliados atacaram alguns povoados no norte de Hama, 25 pessoas foram mortas em Majdal.

Postar um comentário