Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército Sírio é atacado a partir de área ocupada por EUA e FDS

Tropas do Exército Árabe Sírio que participam de uma ofensiva contra terroristas em Deir ez-Zor foram alvo de ataques lançados a partir de uma área dominada por militantes das Forças Democráticas da Síria (FDS) e unidades especiais das Forças Armadas americanas, conforme revelou o Ministério da Defesa da Rússia nesta terça-feira.
Sputnik

"No último dia, grupos de assalto das tropas governamentais sírias, com apoio da Força Aeroespacial russa, cruzaram o Eufrates e continuaram a expandir a cabeça de ponte capturada a leste de Deir ez-Zor, apesar da dura resistência dos militantes do Daesh", afirmou o porta-voz da Defesa russa, major-general Igor Konashenkov, destacando o avanço das forças de Damasco. 


Segundo o militar, as tropas leais ao presidente Bashar Assad conseguiram liberar uma área de 60 quilômetros quadrados na zona oriental, mas encontraram obstáculos.

"De acordo com relatos de comandantes sírios na linha de frente, o Exército Sírio sofre contra-ataques mais seve…

Opinião: países da península Coreana estão à beira da guerra

Os países da península Coreana estão à beira da guerra, comunicou o secretário do Conselho da Segurança da Rússia, Nikolai Patrushev.


Sputnik


Os problemas dessa região não podem ser subestimados, acrescentou ele falando na sexta Conferência de Segurança Nacional em Moscou.

Exército Popular da Coreia apresenta, em desfile, complexos de lançamento de mísseis balísticos intercontinentais em abril de 2017
Desfile militar na Coreia do Norte © Sputnik/ Ilia Pitalev

A situação na península Coreana se agravou após uma série de testes de mísseis balísticos levados a cabo pela Coreia do Norte. Vários deles caíram perto do Japão.

Em resposta, os EUA enviaram o grupo de navios de guerra para a região da Coreia.

Há pouco, a Coreia do Sul começou a instalação do sistema antimíssil THAAD norte-americano no seu território.

A China se manifesta contra o THAAD, Moscou por seu lado acha que os EUA estão instalando um sistema para conter o potencial da Rússia e da China sob pretexto da ameaça crescente por parte da Coreia do Norte.

Postar um comentário