Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Otan mobiliza batalhão multinacional na Polônia

France Presse

A Otan iniciou nesta quinta-feira oficialmente a primeira mobilização de um batalhão na Polônia, no âmbito do reforço do flanco oriental da Aliança Atlântica contra a Rússia, “uma mensagem enviada a todo agressor em potencial”. 


Otan mobiliza batalhão multinacional na Polônia
Tropas polonesas durante cerimônia de abertura para os batalhões da Otan, em Orzys, em 13 de abril de 2017 - AFP

A implantação dessas tropas “é uma clara demonstração da unidade da Otan, uma mensagem clara enviada a todo agressor em potencial”, declarou o general americano Curtis Scaparrotti, comandante supremo das forças aliadas na Europa, em uma cerimônia solene realizada em uma base militar de Orzysz (nordeste da Polônia).

No total, quatro batalhões multinacionais da Otan e uma brigada blindada americana serão instalados progressivamente no flanco oriental da aliança, entre os Países Bálticos, Polônia, Romênia, Bulgária e Hungria, em resposta à anexação da península da Crimeia pela Rússia em 2014.

Com cerca de 800 soldados, o batalhão de combate mobilizado na Polônia estará dirigido pelo exército americano, com a participação de soldados britânicos, romenos e croatas.

Serão mobilizadas unidades similares da OTAN em Estônia, Letônia e Lituânia, que deverão estar operacionais até o fim de junho.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas