Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que negociações entre Washington e Pyongyang estão condenadas ao fracasso?

Em vez de proferir mais ameaças, a administração Trump deve mostrar que é um parceiro de negociação confiável, escreve o The National Interest, acrescentando que é importante enviar sinais claros agora.
Sputnik

O presidente norte-americano Donald Trump continua tratando a sua administração como uma brigada de salvamento para a diplomacia internacional, mas os norte-coreanos não são estúpidos e não confiam em promessas, afirma o autor do The National Interest Doug Bandow no seu recente artigo.


"O desmantelamento nuclear da Líbia, em muito forçado pelos EUA no passado, se revelou um modo de agressão por meio da qual os norte-americanos convenceram os líbios com tais palavras doces como 'garantia de segurança' e 'melhoramento das relações' para desarmar o país e depois destruí-lo pela força", conforme notou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, acrescentando que os norte-coreanos percebem as intenções dos EUA.

O autor, lembrando o caso da Líbia, …

Paquistão bombardeia regiões orientais do Afeganistão

A província de Kunar, no leste do Afeganistão, foi bombardeada a partir de território paquistanês, relata a agência Khaama Press citando autoridades locais.


Sputnik

Um representante da polícia provincial, Faridullah Dehgan, disse que em dois distritos da província em um só dia caíram cerca de 70 projéteis de artilharia. Ele observou que não há dados sobre vítimas, relata a agência.


Soldado paquistanês em guarda enquanto caminhão entra no Paquistão vindo do Afeganistão, na passagem de fronteira de Torkham
Soldado paquistanês na fronteira com o Afeganistão © AFP 2017/ Qazi RAUF AFRIDI

O canal de televisão Tolo News informou no dia anterior sobre um ataque de mísseis contra a província vizinha de Kunar — Nangarhar. O representante do governador de Nangarhar, Attaullah Hogiani, afirmou que ao longo das últimas 24 horas os militares paquistaneses dispararam cerca de 30 mísseis contra os condados de Lalpur, Mohmand Dara e Nazian.

Em meados de fevereiro, o Ministério das Relações Exteriores do Afeganistão chamou o embaixador do Paquistão em Cabul para expressar um protesto em conexão com o bombardeio de mísseis das províncias orientais. Como observado pelo canal Tolo News, o Ministério das Relações Exteriores do Afeganistão avisou o Paquistão sobre as consequências graves destes atos, declarando a necessidade de uma solução diplomática das questões que possam surgir entre as partes.


Postar um comentário