Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Porta-aviões dos EUA se aproxima da península Coreana

Um grupo naval norte-americano liderado pelo porta-aviões nuclear USS Carl Vinson entrou na área do mar do Japão (também conhecido como mar do Leste), informa uma fonte do Ministério da Defesa do Japão.


Sputnik

Além disso, a fonte declarou ao canal de televisão NHK, que no sábado (29) à tarde (manhã no horário de Brasília) o grupo naval atravessou o Estreito de Tsushima, escoltado por destróieres das Forças de Autodefesa do Japão.

O porta-aviões norte-americano USS Carl Vinson
USS Carl Vinson © AFP 2017/ JAY DIRECTO

Segundo dados do canal, no domingo (30) ou mais tarde, a Coreia do Sul planeja realizar manobras navais no mar do Japão junto com o porta-aviões norte-americano para prevenir a ameaça proveniente da Coreia do Norte. Entretanto, destaca-se também que os exercícios militares serão efetuados após os destróieres japoneses se separarem do grupo naval de combate dos EUA.

A situação em torno da Coreia do Norte se complicou devido aos exercícios militares de grande escala de Washington e Seul, em particular, aos treinamentos que visam testar a prontidão para eliminar autoridades norte-coreanas em caso de guerra.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas