Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Pyongyang exibe possível novo míssil de longo alcance em desfile militar

Soldados norte-coreanos celebraram neste sábado (17) o 105º aniversário do fundador do país. Parada aconteceu em um momento de grande tensão com os Estados Unidos.


EFE


A Coreia do Norte mostrou neste sábado (17) vários mísseis balísticos, entre eles um possível novo projétil de alcance intercontinental, no desfile militar organizado por causa do aniversário de seu fundador, que acontece em um momento de grande tensão com os Estados Unidos. 

Mísseis exibidos durante parada militar em Pyongyang (Foto: KRT via AP)
Mísseis exibidos durante parada militar em Pyongyang (Foto: KRT via AP) 

No evento que comemora o 105º aniversário do nascimento de Kim Il-sung, fundador do país, o regime fez desfilar pelo centro de Pyongyang sobre caminhões um tipo de projétil nunca antes mostrado em público e que poderia ser um novo míssil balístico intercontinental (ICBM) de combustível sólido.

Os especialistas na matéria estão analisando ainda as características deste novo projétil que, advertem, poderia ser falso, já que não é a primeira vez que o regime exibe em desfiles maquetes falsas de mísseis que está desenvolvendo.

Além de mostrar hoje mísseis de alcance médio Musudan e o misterioso e temido KN-08, que é disparado de plataforma móvel e que ainda não foi testado com sucesso, desfilaram na praça Kim Il-sung vários dos últimos desenvolvimentos do regime como o Pukguksong-1 e o Pukguksong-2, exibidos em público pela primeira vez.

O primeiro deles é um míssil balístico lançado de submarino (SLBM) e o segundo, um projétil de alcance médio que se lança de plataforma móvel e que foi testado pela primeira vez em fevereiro e em abril, teste que levou Washington a responder com o envio de um porta-aviões nuclear para a península da Coreia.


Comentários

Postagens mais visitadas