Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel concentra mais forças na fronteira com Faixa de Gaza e está pronto a agir

As Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) concentraram mais forças na fronteira com a Faixa de Gaza e estão prontas para usá-las se for necessário, comunica a assessoria da entidade militar.
Sputnik

A decisão foi tomada no decurso da reunião no Estado-Maior e é uma resposta aos combates de ontem (11), que causaram morte de um militar israelense e sete palestinos.


"As IDF aumentaram suas forças no Distrito Sul e estão dispostas, se for preciso, a agir com mais vigor", destaca o comunicado da entidade.

No decurso da operação militar que teve lugar no enclave palestino neste domingo (11) um tenente coronel de uma unidade especial israelense foi morto. Ao mesmo tempo, a parte palestina perdeu sete homens, inclusive um comandante militar. Após os confrontos, os palestinos lançaram 17 mísseis contra o sul de Israel, dois deles foram interceptados pelos sistemas de defesa antiaérea Iron Dome (Cúpula de Ferro).

Foi igualmente informado que, tendo em conta a situação, o prim…

Rússia não vai permitir a inspeção da Crimeia pela Ucrânia

As tentativas da Ucrânia de inspecionar o território da Crimeia são "provocativas e fúteis", afirmou o ministério das Relações Exteriores da Rússia em um comunicado neste sábado.


Sputnik


"A atual situação da República da Crimeia e da cidade de Sevastopol, como partes constituintes russas, é uma questão estabelecida, não sujeita a revisão… Desse modo, a Rússia é livre para desdobrar as suas tropas e equipamento militar em seu próprio território. As tentativas de inspecionar o território da Crimeia como parte de uma inspeção que ocorre na Ucrânia são provocativas e fúteis", informou o comunicado.

Crimeia vista do ar
Crimeia © Sputnik/ Vitaly Belousov

A península da Crimeia se separou da Ucrânia e se reintegrou à Rússia após o referendo, realizado em março de 2014, com 96,77% dos eleitores da Crimeia e 95,6% dos cidadãos de Sevastopol votando a favor da adesão à Rússia. A Ucrânia considera a Crimeia como um território ocupado.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas