Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Síria pede ação da ONU contra o terrorismo

O Ministério das Relações Exteriores da Síria pediu que as Nações Unidas juntem esforços com Damasco no combate ao terrorismo neste domingo, um dia após um grande ataque que provocou a morte de dezenas de refugiados perto da cidade de Aleppo.


Sputnik


A chancelaria síria enviou duas cartas idênticas para a ONU e para o Conselho de Segurança da organização, destacando que o pedido de ajuda se estende a toda a comunidade internacional. 

Integrantes do Conselho de Segurança da ONU (arquivo)
ONU © REUTERS/ Eduardo Munoz 

"O governo da República Árabe da Síria reitera a necessidade urgente de unificar os esforços da comunidade internacional para combater o terrorismo, em total coordenação e cooperação com o governo sírio, e de parar as tentativas de ignorar o fato da prioridade de combater o terrorismo, para restaurar a segurança e a estabilidade na Síria e na região como um todo", dizem os documentos, de acordo com a agência SANA.

No último sábado, um atentado suicida levou à morte de mais de 70 pessoas que eram transportadas em um comboio que seguia das cidades de Foua e Kafraya para Aleppo. Outras 100, pelo menos, ficaram feridas no incidente.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas