Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Estados Unidos elaboram sistema transportável de luta contra drones

A companhia norte-americana Sierra Nevada elaborou uma instalação compacta para luta contra drones que pode ser instalada em picapes e funcionar eficazmente durante o movimento, informa o portal Defense News.
Sputnik

O novo sistema chamado X-Madis pode detectar, identificar e atingir os alvos com meios de guerra eletrônica mesmo em movimento à velocidade de até 80 km/h. Entretanto, para usar o sistema basta um só operador que o poderá dirigir da cabine do veículo, comunica o portal.

Segundo explicaram na companhia, o X-Madis pode ser instalado em várias plataformas móveis, tais como picapes pesadas, veículos todo-o-terreno leves ou barcos.

Além disso, o sistema já foi testado em vários tipos de veículos militares que estão em serviço do exército norte-americano.

O novo dispositivo foi apresentado na exposição SOFIC 2018 que atualmente está sendo realizada em Tampa, no estado norte-americano da Flórida.

Síria pede ação da ONU contra o terrorismo

O Ministério das Relações Exteriores da Síria pediu que as Nações Unidas juntem esforços com Damasco no combate ao terrorismo neste domingo, um dia após um grande ataque que provocou a morte de dezenas de refugiados perto da cidade de Aleppo.


Sputnik


A chancelaria síria enviou duas cartas idênticas para a ONU e para o Conselho de Segurança da organização, destacando que o pedido de ajuda se estende a toda a comunidade internacional. 

Integrantes do Conselho de Segurança da ONU (arquivo)
ONU © REUTERS/ Eduardo Munoz 

"O governo da República Árabe da Síria reitera a necessidade urgente de unificar os esforços da comunidade internacional para combater o terrorismo, em total coordenação e cooperação com o governo sírio, e de parar as tentativas de ignorar o fato da prioridade de combater o terrorismo, para restaurar a segurança e a estabilidade na Síria e na região como um todo", dizem os documentos, de acordo com a agência SANA.

No último sábado, um atentado suicida levou à morte de mais de 70 pessoas que eram transportadas em um comboio que seguia das cidades de Foua e Kafraya para Aleppo. Outras 100, pelo menos, ficaram feridas no incidente.

Postar um comentário