Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

Al Jazeera realiza filmagens encenadas sobre uso de armas químicas

Al Jazeera realiza filmagens encenadas sobre uso alegado de armas químicas pelo exército sírio.


Sputnik

Recentemente, equipes da emissora do Catar Al Jazeera realizaram filmagens encenadas sobre o alegado uso de armas químicas pelo exército sírio contra civis, o cliente e o patrocinador que encomendaram a filmagem se encontram num país europeu, disse à Sputnik uma fonte diplomático-militar.


Membros da Defesa Civil da Síria procuram vítimas entre os destroços do prédio destruído, depois de ataques aéreos no bairro de Qatarji, na cidade de Aleppo em 17 de outubro de 2016
Aleppo, Síria © AFP 2017/ KARAM AL-MASRI

"A eficácia do espetáculo de TV dos Capacetes Brancos, em que é mostrado o alegado ataque químico com gás sarin efetuado pelas autoridades sírias em Khan Shaykhun, inspirou os terroristas para continuarem filmando este seriado encenado. De acordo com a informação confirmada por vários canais, equipes de vídeo da emissora Al Jazeera realizaram recentemente filmagens encenadas sobre o uso de armas químicas contra a população civil", disse a fonte.

Segundo ela, nas filmagens em questão estiveram envolvidos 30 carros de bombeiros e ambulâncias, bem como 70 moradores locais com crianças trazidos de campos de refugiados.

"Para dar naturalidade ao vídeo, as filmagens foram feitas com celulares de vários ângulos, bem como com um drone. Depois do fim do 'processo de filmagem' cada participante, incluindo as crianças, recebeu mil libras sírias e um conjunto de produtos alimentícios", acrescentou.

"A múltipla publicação dos vídeos com esta falsificação de grande envergadura, acompanhada de comentários 'gritantes' nas redes sociais, deve ser feita nos próximos dias [antes de domingo 7 de abril] por ordem específica do cliente e do patrocinador das filmagens a partir de um dos países europeus", disse a fonte.



Postar um comentário