Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vários mortos no confronto entres as forças de Maduro e rebeldes armados

Desfecho sangrento aconteceu durante a operação de captura de Óscar Pérez, que está entre os mortos.O piloto sobrevoou prédios do governo com um helicóptero roubado da polícia em junho do ano passado
Maolis Castro e Florantonia Singer | El País

Vários integrantes do grupo liderado pelo ex-policial Óscar Pérez morreram em um confronto com um coletivo – civis armados chavistas – e um comando da Força de Ações Especiais da Polícia Nacional, em que também morreram dois agentes e um militante chavista. Outros cinco membros do grupo foram presos em uma casa na região de El Junquito, no oeste de Caracas. 

O Governo venezuelano confirmou no início desta tarde que o próprio Pérez está entre os mortos. Seu nome se tornou conhecido em junho, quando roubou um helicóptero da polícia e sobrevoou a sede do Supremo Tribunal de Justiça e do Ministério do Interior. Nunca, em 18 anos de chavismo, ocorreu algo parecido na Venezuela.


O ex-inspetor do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalística…

Exército sírio toma posições estratégicas na província de Homs

Exército sírio estabeleceu o controle sobre a cadeia montanhosa Al-Shumariya, na parte oriental da província de Homs, forçando os terroristas a fugirem.


Sputnik


Uma fonte militar contou à Sputnik Árabe que, após combates intensos, o exército libertou uma zona com 13 quilômetros de largura e o comprimento de 9 quilômetros.

Combate do exército sírio com militantes do Daesh no deserto perto da cidade de Homs
Tanques do exército sírio em Homs © Sputnik. 

Agora os combates continuam na área das montanhas Al-Shumariya, perto de Jab al-Jirah, na parte oriental de Homs.

O exército sírio também estabeleceu o controle sobre as cotas Tel al-Triks e Tel al-Ialam nas montanhas de AL-Shumariya. Dezenas de terroristas morreram e foram feridos no decurso destes combates. A ofensiva se tornou possível.

Segundo uma fonte da Sputnik Árabe, o exército não permitiu a conquista das posições-chave a oeste da povoação de Maksir al-Hisan, perto das montanhas Al-Shumariya. Em resultado dos combates, muitos terroristas foram mortos, os restantes fugiram.

A fonte desmentiu a informação de que o exército suspendeu a operação de libertação da parte norte da província de Hama. O exército continua sua ofensiva contra as posições dos terroristas e está reforçando suas posições em todas as frentes.

Na cidade de Daraa, o exército está atacando as fortificações dos militantes nos bairros de Tarik al-Sad, al-Abasiaya e al-Furn em torno de Jumruk al-Kadim e nos arredores sudeste da cidade, comunicou a fonte.

Postar um comentário