Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Militarização na Europa: Primeiros helicópteros dos EUA Black Hawk desembarcam na Polônia (video)

EUA deslocaram os seus primeiros helicópteros Black Hawk para a base aérea em Powidz, comunica o Defence24.pl.


Sputnik

"Três helicópteros UH-60L Black Hawk e 50 membros chegaram a Powidz", comunica o Defence24.pl. O deslocamento não para por aí. Está prevista a chegada de outras aeronaves norte-americanas à Polônia, como os AH-64 Apache e Boeing CH-47 Chinook. 


Dois helicópteros militares norte-americanos Black Hawk
Helicópteros Balck Hawk norte-americanos © AFP 2017/ Mauricio LIMA

Mais anteriormente, foram divulgados os planos entre EUA e Polônia de deslocar 80 helicópteros para a base aérea em Powidz bem como cerca de mil militares norte-americanos para prestar apoio aéreo à brigada de tanques.

Militares norte-americanos desembarcam na Polônia em conformidade com a operação Atlantic Resolve e permanecerão no país durante nove meses.

Trata-se de exercícios militares conjuntos com os aliados europeus. O grupo de combate inclui 3,5 mil militares, 87 tanques, 18 obuseiros autopropulsados Paladin, mais de 400 veículos de alta mobilidade Humwee e 144 blindados Bradley.




Postar um comentário