Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan: exército sírio parou de avançar para Afrin

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, declarou que as tropas do governo sírio deixaram de avançar para a cidade de Afrin "após consultas", realizadas pelo líder turco nesta segunda-feira.
Sputnik

As tropas do governo sírio "foram realmente detidas ontem (segunda-feira)", afirmou Erdogan, segundo a agência de notícias Anadolu. Segundo o chefe de Estado, isso aconteceu "após consultas". No entanto, Erdogan não especificou à que consultas estaria se referindo.


Nesta segunda-feira, o líder turco discutiu a situação em Afrin durante conversa telefônica com seus homólogos russo e iraniano, Vladimir Putin e Hassan Rouhani.

Erdogan também afirmou que as milícias pró-governo que tentaram entrar em Afrin nesta terça-feira, e que foram repelidas pelas tropas turcas, o fizeram por iniciativa própria.

"A milícia síria decidiu entrar em Afrin por conta própria. Isso é inaceitável e não ficará sem resposta", alertou Erdogan.

Anteriormente, a imprensa infor…

Casco da ex-fragata ‘Bosísio’ é rebocado para servir de alvo

Poder Naval

O casco da ex-fragata Bosísio (F48) foi fotogrado hoje sendo rebocado para servir de alvo em exercício de tiro real. O navio provavelmente será usado para testes de mísseis antinavio e torpedo.


A Bosísio se despede do Rio de Janeiro a caminho de seu destino final

A Fragata Bosisio – F 48, ex-HMS Brazen – F 91, ex-Boxer, é o primeiro navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, em homenagem ao Almirante Paulo Bosisio. Foi construída pelo estaleiro Yarrow Shipbuilders Ltd., em Scotstoun, Glasgow, na Escócia.

O contrato de compra da Bosisio, de suas três irmãs Type 22 e três Varredores da classe “River”, num valor de aproximadamente US$ 170 milhões (£ 100 milhões) foi assinado entre o Governo Brasileiro e o Ministério da Defesa Britânico em 18 de novembro de 1994, com as transferências ocorrendo a medida que foram dando baixa da Royal Navy. Foi incorporada à Marinha do Brasil em 30 de agosto de 1996, sendo o seu primeiro comandante o Capitão-de-Mar-e-Guerra Sérgio Lima Duarte.

A Bosísio prestou relevantes serviços à Marinha do Brasil

A Bosísio foi descomissionada no dia no dia 29.09.2015.


Postar um comentário