Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Qual será resposta síria a novos mísseis 'inteligentes' dos EUA?

A cada declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre seus "mísseis inteligentes", os sistemas de defesa antiaérea sírios terão sua própria resposta de mísseis, o que foi demonstrado pelo país em 14 de abril, assegurou à Sputnik o membro do Conselho Público junto ao Ministério da Defesa da Rússia, Igor Korotchenko.
Sputnik

Mais cedo, Sergei Rudskoy, chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, disse aos jornalistas que os especialistas russos tinham detectado evidências de 22 mísseis terem atingido alvos, de um total de 105 anunciados pelos EUA, na sequência do ataque aéreo dos EUA e seus aliados.


"Os mísseis podem ser 'inteligentes', mas os sistemas da defesa antiaérea podem ser eficientes, por isso, para cada míssil 'astuto' haverá um míssil guiado, o que foi demonstrado pelo ótimo treinamento profissional dos soldados sírios. Nas declarações de Trump há muita publicidade, e para cada tweet de Trump sobre seus '…

Damasco recupera 4 campos petrolíferos em Raqqa e Deir ez-Zor

As forças governamentais da Síria retomaram o controle de quatro campos petrolíferos nas provínvias de Raqqa e Deir ez-Zor, disse à Sputnik uma fonte militar síria.


Sputnik


"O Exército Árabe Sírio retomou o controle de uma série de localidades na parte sul da província de Raqqa e a oeste de Deir ez-Zor. Quatro campos petrolíferos <…> voltaram para a gestão [do governo sírio]", disse o interlocutor da agência.

Soldado do exército sírio hasteia a bandeira nacional do seu país
Soldado do exército sírio © AP Photo/ Hassan Ammar

Segundo a fonte, a situação na maioria das regiões sírias está agora normalizada. O exército sírio realiza avanços, eliminando os militantes do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em muitos outros países) na província de Raqqa, bem como em Homs, As-Suwayda e Hama.

A Síria se encontra mergulhada em uma sangrenta guerra civil desde março de 2011, com as forças do governo tendo que combater inúmeros grupos da oposição armada, incluindo organizações terroristas como Daesh e Frente al-Nusra.


Postar um comentário