Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

Exercícios da OTAN e Ucrânia no Mar Negro são observados por satélites e militares russos

Satélites, navios e aeronaves russas estão monitorando os exercícios militares da OTAN e Ucrânia no mar Negro - Sea Breeze 2017 - informou uma fonte das forças de segurança da Crimeia à Sputnik nesta terça-feira.


Sputnik


"O agrupamento orbital das Forças Aeroespaciais Russas, as aeronaves e os equipamentos radio-técnicos costeiros da Marinha Russa estão monitorando o movimento das forças internacionais que participam do Sea Breeze 2017", revelou uma fonte militar.

Exercícios Sea Breeze de 2014, marinha da Bulgária dispara míssil
Sea Breeze © AFP 2017/ VELKO ANGELOV

O interlocutor da agência acrescentou que um navio de inteligência russo, Priazovye, foi deslocado para uma área na proximidade dos exercícios.

Os exercícios navais, que começaram na segunda-feira e que duram até o dia 23 de julho, estão sendo realizados na parte noroeste do mar Negro, nas regiões Odessa e Nykolaev. Representantes de 16 países, incluindo França, Turquia, Reino Unido, e os Estados Unidos participam das atividades, que envolvem 31 navios, 29 aeronaves e mais de 3 mil soldados.

Os exercícios Sea Breeze são realizados anualmente. Operações marítimas, de defesa aérea, anti-submarino e de busca e salvamento são realizados com o objetivo de fortalecer a cooperação entre os aliados da OTAN e para 'garantir a estabilidade' na região do mar Negro.


Postar um comentário