Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Qual será resposta síria a novos mísseis 'inteligentes' dos EUA?

A cada declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre seus "mísseis inteligentes", os sistemas de defesa antiaérea sírios terão sua própria resposta de mísseis, o que foi demonstrado pelo país em 14 de abril, assegurou à Sputnik o membro do Conselho Público junto ao Ministério da Defesa da Rússia, Igor Korotchenko.
Sputnik

Mais cedo, Sergei Rudskoy, chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, disse aos jornalistas que os especialistas russos tinham detectado evidências de 22 mísseis terem atingido alvos, de um total de 105 anunciados pelos EUA, na sequência do ataque aéreo dos EUA e seus aliados.


"Os mísseis podem ser 'inteligentes', mas os sistemas da defesa antiaérea podem ser eficientes, por isso, para cada míssil 'astuto' haverá um míssil guiado, o que foi demonstrado pelo ótimo treinamento profissional dos soldados sírios. Nas declarações de Trump há muita publicidade, e para cada tweet de Trump sobre seus '…

Fim do programa anti-Assad? Agora tudo depende de Trump

Surgiu uma esperança de melhoramento da situação na Síria. Se Trump realmente suspender o programa de apoio aos inimigos do presidente sírio Bashar Assad, a situação no país mudará significativamente.


Sputnik

Agora está claro que Trump começou a resolver os inúmeros problemas deixados pela administração Obama, diz o analista Ilia Kharlamov ao serviço russo da Rádio Sputnik.


Presidente dos EUA, Donald Trump
Donald Trump, presidente dos EUA © AFP 2017/ Olivier Douliery

A mídia norte-americana comunicou que Trump está disposto de suspender o programa da CIA de armamento e prestação de ajuda militar à oposição antigovernamental síria. A Casa Branca até agora não confirmou esta informação, mas também não a desmentiu. Os representantes dos serviços secretos recusaram fazer quaisquer comentários, o que é compreensível. A mídia escreve que tal decisão foi tomada por Trump antes do seu encontro pessoal com Vladimir Putin.

O programa da CIA ainda está em vigor e, segundo Ilia Kharlamov, pode continuar sendo realizado. Mas, se for suspenso, a situação mudará e se tornará mais favorável. A Casa Branca, bem como muitos outros políticos da Europa, já não têm como objetivo principal derrubar o governo legítimo de Bashar Assad.

Esta decisão de Trump significará uma nova onda da crise política nos EUA e novas acusações contra Trump. Ele já foi acusado de fazer cedências à Rússia, que tem repetidamente apelado para parar o financiamento da oposição radical na Síria.


Postar um comentário