Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Gambito do Qatar: Turquia reforça contingente militar no país

As autoridades do Qatar comunicaram sobre o deslocamento de militares turcos para uma das bases na capital do país, comunica a Reuters.


Sputnik


Anteriormente havia sido comunicado que o primeiro grupo dos militares turcos chegou ao Qatar em 19 de junho para participar de exercícios conjuntos, comunica a Reuters. 

Militares turcos no Qatar, Doha
Militares turcos no Qatar © REUTERS/ Qatar News Agency

O acordo de deslocamento do contingente turco no Qatar entrou em vigor em junho de 2015.

Segundo os dados do Estado-Maior turco já em abril de 2016 foi assinado o acordo sobre o início de deslocamento do contingente turco no território do Qatar, que foi aprovado pelo Parlamento turco em 7 de julho de 2017.

O embaixador da Turquia no Qatar, Ahmet Demirok acrescentou que se planeja o deslocamento de cerca de 3 mil militares das forças terrestres, da Marinha e Força Aérea.

No dia 5 de junho, Arábia Saudita, Egito, Bahrein e Emirados Árabes Unidos declararam o rompimento das relações diplomáticas com Qatar, acusando Doha de financiar o terrorismo, de desestabilizar a região e de interferir na soberania dos Estados árabes. A decisão foi seguida por uma série de outros países árabes e Qatar passou a enfrentar sanções econômicas por parte dos seus vizinho no Golfo Pérsico. A Turquia não aprova isolamento do Qatar.

Postar um comentário