Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

General americano: ainda há focos de resistência do Daesh em Mossul

A eliminação completa dos terroristas do Daesh da cidade de Mossul levará mais algumas semanas, disse o general norte-americano, que comanda a operação contra o grupo jihadista, Stephen Townsend.


Sputnik

"Ainda há focos de resistência em Mossul. E esconderijos [dos militantes]. Pode levar semanas para 'limpar' a cidade", disse Townsend durante um briefing em Bagdá.

Tanques do exército iraquiano atacam terroristas em Mossul
Tanque do exército iraquiano em Mossul © REUTERS/ Alaa Al-Marjani

O primeiro-ministro do Iraque, Haider al-Abadi, anunciou nesta segunda-feira a vitória oficial contra o Daesh em Mossul, segunda maior cidade do país, controlada pelos terroristas por mais de três anos.

A operação para libertação de Mossul teve início em outubro do ano passado. A ofensiva foi realizada pelas tropas de elite, pela Polícia Federal e pelo Exército do Iraque, com apoio das forças curdas. A aviação da coalizão internacional, liderada pelos EUA, ofereceu suporte aéreo.

A libertação de Mossul vem sendo antecipada pelo governo do Iraque e pela coalizão há meses.


Postar um comentário