Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Grupos de ataque dos EUA e Reino Unido realizam exercícios navais no Atlântico

Os membros da OTAN e nações parceiras irão se unir aos grupos navais de ataque dos EUA e do Reino Unido durante os dez dias de simulação de combate a partir de 1 de agosto, informou o Comando Europeu dos Estados Unidos (EUROCOM) nesta sexta-feira.


Sputnik

As forças dos EUA da 6ª Frota, incluindo o porta-aviões H. W. George Bush, vão treinar lado a lado com o grupo naval de ataque do Reino Unido para desenvolver as capacidades combinadas navais e da aviação, explicou o comunicado.


USS George H.W. Bush
CC BY 2.0 / DVIDSHUB / USS George H.W. Bush action

"Os marinheiros vão participar de cenários de treinamento complexos que abrangem todo o espectro de operações de um grupo de ataque com porta-aviões, incluindo ataques estratégicos, operações de defesa aérea, apoio aéreo de combate e garantia de zona de exclusão aérea", declarou o comunicado do EUROCOM.

O Reino Unido está desenvolvendo a normas operacionais para seu novo porta-aviões da classe Queen Elizabeth, bem como as formas de operação conjunta com grupos de ataque dos EUA, observou a nota.

Cerca de 6 mil marinheiros norte-americanos vão participar dos exercícios Saxon Warrior 2017 (Guerreiro Saxão em inglês), com a participação de militares da Alemanha, Noruega, Suécia e Reino Unido.

Os últimos exercícios navais do tipo foram realizados em 2011.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas