Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vários mortos no confronto entres as forças de Maduro e rebeldes armados

Desfecho sangrento aconteceu durante a operação de captura de Óscar Pérez, que está entre os mortos.O piloto sobrevoou prédios do governo com um helicóptero roubado da polícia em junho do ano passado
Maolis Castro e Florantonia Singer | El País

Vários integrantes do grupo liderado pelo ex-policial Óscar Pérez morreram em um confronto com um coletivo – civis armados chavistas – e um comando da Força de Ações Especiais da Polícia Nacional, em que também morreram dois agentes e um militante chavista. Outros cinco membros do grupo foram presos em uma casa na região de El Junquito, no oeste de Caracas. 

O Governo venezuelano confirmou no início desta tarde que o próprio Pérez está entre os mortos. Seu nome se tornou conhecido em junho, quando roubou um helicóptero da polícia e sobrevoou a sede do Supremo Tribunal de Justiça e do Ministério do Interior. Nunca, em 18 anos de chavismo, ocorreu algo parecido na Venezuela.


O ex-inspetor do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalística…

Grupos de ataque dos EUA e Reino Unido realizam exercícios navais no Atlântico

Os membros da OTAN e nações parceiras irão se unir aos grupos navais de ataque dos EUA e do Reino Unido durante os dez dias de simulação de combate a partir de 1 de agosto, informou o Comando Europeu dos Estados Unidos (EUROCOM) nesta sexta-feira.


Sputnik

As forças dos EUA da 6ª Frota, incluindo o porta-aviões H. W. George Bush, vão treinar lado a lado com o grupo naval de ataque do Reino Unido para desenvolver as capacidades combinadas navais e da aviação, explicou o comunicado.


USS George H.W. Bush
CC BY 2.0 / DVIDSHUB / USS George H.W. Bush action

"Os marinheiros vão participar de cenários de treinamento complexos que abrangem todo o espectro de operações de um grupo de ataque com porta-aviões, incluindo ataques estratégicos, operações de defesa aérea, apoio aéreo de combate e garantia de zona de exclusão aérea", declarou o comunicado do EUROCOM.

O Reino Unido está desenvolvendo a normas operacionais para seu novo porta-aviões da classe Queen Elizabeth, bem como as formas de operação conjunta com grupos de ataque dos EUA, observou a nota.

Cerca de 6 mil marinheiros norte-americanos vão participar dos exercícios Saxon Warrior 2017 (Guerreiro Saxão em inglês), com a participação de militares da Alemanha, Noruega, Suécia e Reino Unido.

Os últimos exercícios navais do tipo foram realizados em 2011.



Postar um comentário