Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

'Fora do normal': OTAN teria usado armas climáticas para atingir êxito em operação militar

Uma das teorias de conspiração mais populares é a possível influência humana no clima com armas de tecnologia de última geração. Neste contexto, ganhou talvez o maior destaque o projeto HAARP dos EUA. Oficial da Força Aérea russa e meteorologista, Yevgeny Tishkovetz, contou para a Sputnik até que ponto os humanos podem mudar condições climáticas.
Sputnik

O HAARP (High Frequency Active Auroral Research Program, em inglês) é um projeto financiado pelas Forças Armadas dos EUA que visa estudar a ionosfera para aperfeiçoamento de suas capacidades de comunicação por rádio e dos sistemas de vigilância com ajuda de tecnologias de ponta.


Há uma teoria de que o sistema HAARP teria sido utilizado na operação militar da OTAN na Iugoslávia em 1999. Yevgeny Tishkovetz, meteorologista do centro Fobos e ex-chefe do serviço meteorológico do Ministério da Defesa russo, disse à Sputnik Sérvia que o sistema pode ter sido realmente usado na Iugoslávia.

Segundo o oficial, a Aliança não tinha como realizar seus…

Israel espera que suas exigências na trégua síria sejam respeitadas

Israel espera que a Rússia e os EUA analisem e tomem em conta a sua posição de que a instalação de forças iranianas na Síria, no âmbito do armistício nas regiões do sudoeste do país, é inadmissível, afirmou o premiê israelense, Benjamin Netanyahu.


Sputnik

O chefe do governo de Israel afirmou que nesta semana já discutiu este assunto pelo telefone com o presidente russo, Vladimir Putin, e o secretário de Estado americano, Rex Tillerson.


Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu
Benjamin Netanyahu © REUTERS/ Petros Karadjias/Pool

"Ambos me disseram que compreendem a postura israelense e vão considerar as nossas demandas", disse o político no decurso da reunião do gabinete.

Mais cedo, o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, em entrevista coletiva, confirmou que Putin e Trump estavam prontos para anunciar um acordo de cessar-fogo no sul da Síria a partir de hoje (9).

Netanyahu adiantou que saúda o cessar-fogo nos territórios fronteiriços da Síria caso este não ajude a incentivar as forças pró-iranianas.

"Israel vai aprovar o verdadeiro cessar-fogo na Síria, porém, este não deve levar à consolidação das forças iranianas ou as dos seus satélites na Síria, em geral, e no sul da Síria, em particular", resumiu.



Postar um comentário