Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Kremlin sobre tropas na fronteira com Ucrânia: exército russo não deve satisfações

O porta-voz do presidente da Rússia, Dmitry Peskov, ao comentar as informações sobre os reforços militares russos na fronteira com a Ucrânia, declarou que a Rússia pode alterar a configuração das Forças Armadas no âmbito de suas fronteiras do jeito que considerar mais adequado.


Sputnik

"A Federação da Rússia pode alterar a configuração das Forças Armadas, no âmbito do seu território, de acordo com o que considerar mais adequado, em primeiro lugar", disse Psekov, ao comentar as notícias sobre a concentração de unidades militares russas na fronteira com a Ucrânia.


Equipamento militar na preparação do ensaio da Parada da Vitória em Moscou
Tropas russas em preparação para o Dia da Vitória © Sputnik/ Maksim Blinov

Quando aos detalhes dos deslocamentos militares, o representante do Kremlin sugeriu entrar em contato com o ministério da Defesa da Rússia.

Mais cedo, o Comando-Maior da Ucrânia informou que a Rússia tem ampliado sua presença militar na fronteira com a Ucrânia, tendo deslocado para a região três novas divisões motorizadas.


Postar um comentário