Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Mistério: Exército de Israel revela existência de base aérea 'secreta'

O Exército israelense revelou a existência de uma 11ª base aérea dentro do país, informação esta que era desconhecida até mesmo pela imprensa local, informou o jornal Haaretz.


Sputnik

Anteriormente, apenas 10 bases aéreas eram de conhecimento público, mas uma série de documentos revelados pelas Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) – com base em uma lei de acesso à informação – falam pela primeira vez na base Sdot Há’ela.


Jato de Israel F16C pousa na base aérea israelense de Ramat David, localizada no norte do país, depois de retornar de uma missão sobre o Líbano, 20 de julho de 2006
F-16 da força aérea israelense © AFP 2017/ MENAHEM KAHANA

O documento da IDF aponta ainda toda a estrutura da Força Aérea israelense, suas divisões e revela quem são os comandantes de cada uma das 11 bases aéreas de país, desde a base Ramat David, no norte, até Uvda, esta base localizada próxima à cidade de Eilar, no sul israelense.

Entretanto, os documentos da IDF – que contam com mapas – não mostram a localização exata da base Sdot Há’ela, que seria comandada por um oficial identificado como “Col. Binyamin”.

Logo após a publicação da reportagem pelo Haaretz, as autoridades israelenses retiraram do ar todas as informações sobre a misteriosa base aérea. O governo de Tel-Aviv não comentou o caso.


Postar um comentário