Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia não considera Patriot como alternativa ao S-400, diz parlamentar turco

Washington está negociando com Ancara quanto à possibilidade de fornecimento dos sistemas de defesa antiaérea norte-americanos Patriot no lugar dos S-400 russos, escreveu a revista turca Sabah, citando a assessora do Secretário de Estado dos EUA em questões políticas, Tina Kaidanow.
Sputnik

Kaidanow relevou que o Departamento do Estado está negociando com a Turquia para "tentar dar a entender aos turcos o que se pode fazer em relação aos Patriot".

"Estamos preocupados que a compra dos sistemas russos de defesa antiaérea seja uma espécie de apoio para a Rússia que, pelo que vimos, não se comporta bem em várias partes do mundo, inclusive na Europa", afirmou a assessora, citada pela edição turca.

Um representante do Ministério das Relações Exteriores turco, que pediu anonimato, comentou à Sputnik Turquia sobre a situação quanto às compras dos S-400 por Ancara, bem como quanto ao diálogo com os EUA.
"A nossa postura em relação aos S-400 foi reiterada por diversas vezes…

OTAN está muito irritada com comportamento de pilotos russos

Os países membros da OTAN vão acusar a Rússia de “comportamento perigoso” dos pilotos militares nos céus sobre o Báltico.


Sputnik

Durante o próximo Conselho Rússia-OTAN marcado para o dia 13 de julho em Bruxelas, os países membros da Aliança pretendem discutir "os movimentos perigosos" dos pilotos russos nos céus do Báltico, comunicou o jornal Politico na quarta (12).

Piloto de caça russo Su-30 da Força Aeroespacial russa
Piloto russo em um caça Sukhoi Su-30 © Sputnik/ Ministério da Defesa russo

"Os membros da OTAN, estando fortemente irritados, vão expressar ao Kremlin a sua desaprovação das manobras agressivas e perigosas dos pilotos militares russos nos céus do mar Báltico, incluindo seu comportamento perigoso durante as intercepções", indicou o jornal Politico citando uma fonte anônima da OTAN.

Entretanto, o ministério russo da Defesa tinha repetidamente sublinhado que todos os voos de aviões da Força Aeroespacial russa são realizados em completa conformidade com as regras internacionais no que diz respeito à utilização do espaço aéreo nos céus sobre as águas neutrais sem violar as fronteiras de outros Estados.

O Conselho Rússia-OTAN se reunia regularmente antes de ter sido suspenso após a crise na Ucrânia em 2014. As reuniões se reiniciaram em 2016.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas