Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

OTAN está muito irritada com comportamento de pilotos russos

Os países membros da OTAN vão acusar a Rússia de “comportamento perigoso” dos pilotos militares nos céus sobre o Báltico.


Sputnik

Durante o próximo Conselho Rússia-OTAN marcado para o dia 13 de julho em Bruxelas, os países membros da Aliança pretendem discutir "os movimentos perigosos" dos pilotos russos nos céus do Báltico, comunicou o jornal Politico na quarta (12).

Piloto de caça russo Su-30 da Força Aeroespacial russa
Piloto russo em um caça Sukhoi Su-30 © Sputnik/ Ministério da Defesa russo

"Os membros da OTAN, estando fortemente irritados, vão expressar ao Kremlin a sua desaprovação das manobras agressivas e perigosas dos pilotos militares russos nos céus do mar Báltico, incluindo seu comportamento perigoso durante as intercepções", indicou o jornal Politico citando uma fonte anônima da OTAN.

Entretanto, o ministério russo da Defesa tinha repetidamente sublinhado que todos os voos de aviões da Força Aeroespacial russa são realizados em completa conformidade com as regras internacionais no que diz respeito à utilização do espaço aéreo nos céus sobre as águas neutrais sem violar as fronteiras de outros Estados.

O Conselho Rússia-OTAN se reunia regularmente antes de ter sido suspenso após a crise na Ucrânia em 2014. As reuniões se reiniciaram em 2016.

Postar um comentário