Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Porta-aviões chinês chega a Hong Kong exibindo poder naval (video)

Residentes do território autônomo vêem a chegada do Liaoning como sublinhando a posição linha dura do presidente chinês uma semana após sua visita à cidade


Poder Naval

O primeiro porta-aviões da China emergiu da névoa nas águas ao sul de Hong Kong na manhã desta sexta-feira, liderando a flotilha de quatro navios que deu uma poderosa demonstração do poder de Pequim.

Porta-aviões chinês Liaoning

O navio-aeródromo, batizado de Liaoning homenageando uma província do nordeste do país, navegou entre meia dúzia de porta-contêineres quando entrou nas águas de Hong Kong, por volta das 7h30.

A visita inaugural do navio a Hong Kong ocorre menos de uma semana depois que o presidente chinês, Xi Jinping, visitou a cidade, alertando que a antiga colônia britânica não deve se tornar uma plataforma de lançamento para os desafios à autoridade de Pequim.

Centenas de Hong Kongers ansiosos acamparam durante a noite, enfrentando chuvas esporádicas e temperaturas em torno de 30ºC, para conseguir um dos únicos 2.000 ingressos para visitar o porta-aviões. Mas as visitações serão rigorosamente controladas, sem câmeras permitidas a bordo e apenas os residentes permanentes da cidade puderam receber ingressos. A mídia estrangeira não foi convidada a visitar o navio.


FONTE: The Guardian / FOTOS: AFP e Getty Images



Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas